Follow me on Twitter RSS FEED

Abobrinha na churrasqueira

Se o teu carnaval foi como o meu, aposto um rim (o que sobrou, porque o outro derreteu) como essa quinta feira está sendo o dia mais comprido da história da humanidade, certo? A sensação é que durante os quatro dias de carnaval, quem foi assado foi o meu fígado, o meu baço, o meu estômago e o meu cérebro, e não as carnes deliciosas que fizemos na churraca. Mesmo tendo sido dilacerado pela cerveja e afins, posso garantir que foi um feriado daqueles que valem a pena.

E, pra um estômago desfigurado, nada melhor do que uma comida leve, não? E como aqui a gente fala de churrasco e saladinha é coisa de coiffeur e a gente desconfia desse pessoal, vou mandar aqui uma receita saudável, que fica uma delícia e as gatas piram: Abobrinha na churraca.

Faz assim, pega uma abobrinha grande, lava e corta ela em rodelas. Essas rodelas precisam ser meio largas, mais ou menos dois dedos de espessura, e eu estou contando que você não tem dedinhos de moça, nem um cacho de bananas. Estou falando de dedos normais. É importante que ela não seja fininha por dois motivos: o primeiro, porque a cereja do bolo tá dentro da abobrinha; segundo, porque ela diminui drasticamente de tamanho, e não queremos que ela caia pela grelha e torre no carvão, certo? Já que você vai preparar comida de mulherzinha, faz direito.

Bom, uma vez cortada a abobrinha, coloque numa bacia grande, pra você poder mexer sem fazer sujeira. Põe aí um pouco de azeite, de preferência um azeite bom, porque faz diferença. Não se esqueça de que a abobrinha não tem gosto de nada, e são os temperos que você coloca que fazem ela funcionar.

Agora, o segredo tá no alho frito. Coloque um pouco de alho frito, aqueles que vêm torradinhos, sabe? Não confunde com o alho assado, é o frito mesmo, aquele do frango à passarinho. Pra uma abobrinha grande, uma colher de sobremesa cheia já é o suficiente. Põe também um pouco de orégano, uma chacoalhada de pacote só. Costuma funcionar bem com alecrim e manjericão fresco também. Ou seja, assalta o armário dos temperos e sapeca na abobrinha, com moderação. O principal está no azeite, alho frito e orégano. O resto, você adiciona de acordo com o seu gosto. Só não vai me encher a abobrinha de frescurada, senão fica com gosto de armário dos temperos.

Mistura tudo, coloca um pouco de sal fino (o sal grosso não fica legal) e manda pra brasa. Pode colocar no meio da brasa, no mais quente da churraca. A abobrinha demora pacas pra ficar pronta, porque primeiro ela perde bastante água, pra depois começar a amolecer.

Como ela fica mais perto do fogo, a chance de ter alguma carne assando nos andares superiores da churraca é imensa, né? Então vou te mostrar o pulo do gato: posicione a abobrinha embaixo de alguma carne suculenta, daquelas que ficam perdendo líquido o tempo todo. Com isso, você faz a abobrinha com todos os temperos, além de um caldo natural de carne que dá o tchan na brincadeira.

Quando estiver ficando escura de um lado, vire pro outro utilizando um pegador. Garfo não ajuda muito, porque a abobrinha fica lisa como um bagre ensaboado, e porque ela diminui e passa no meio dos vãos da grelha. Bom, vira pro outro lado e monitora. Quando estiver escurecendo, tira, corta em pedaços pequenos e come. O melhor ponto pra ela é deixar ela tostar levemente por fora, e deixar molhada por dentro. 


essa abobrinha da esquerda tá querendo ficar pronta.
Se deixar tostar um pouco mais desse lado e virar, fica ótima.
Essa foto veio da receita de rocambole de fraldinha.

Fica muito, muito bom, por mais que doa a um amante da carne dizer isso de um maldito vegetal.
  • Dica 1: a melhor grelha pra fazer isso é aquela que tem um monte de buracos em forma de bolinha, mas em compensação é a mais chata de limpar. Mas é certeza de que a abobrinha não cai lá pra baixo.
  • Dica 2: Se você tem apenas daquelas grelhas de arames paralelos, pode colocar uma em cima da outra, em sentido invertido, fazendo uma grelha em X. 
  • Dica 3: Se a abobrinha cair lá no fogo, engole o choro e finge que não viu, torcendo pra ela queimar antes que alguém note a sua falta. Todas as tentativas de salvamento só vão aumentar a sua vergonha. Abobrinha no carvão é abobrinha morta.
  • Dica 4: Funciona bem em churraca responsa, em churraquinha pequena, em churraca elétrica, qualquer coisa.
  • Dica 5: decore essa receita (no sentido de gravar, não vai meter galhinho de planta em cima do prato), principalmente se você costuma fazer churrasco para mulheres. Elas adoram, dão gritinhos, pulinhos e batem palminhas quando você faz isso. Coisa de mulher, você sabe como é.
IPDA: Baratíssimo, uma abobrinha custa uns R$2,00, se você pagar caro.
Tempo de cozimento: umas 4 latinhas.
Rendimento: nunca faça só um churrasco de abobrinha. Além de dar um trabalho dos infernos, pega mal fazer churrasco sem carne. Então, como acompanhamento, uma abobrinha grande serve umas 2 pessoas.

Lembrando que este post é uma homenagem à mulherada que frequenta os churrascos lá de casa, e homenagear garotas sempre rende bom ibope. A idéia de preparar a abobrinha assim é totalmente delas, eu apenas deito na grelha e espero ficar pronto. Agradecimentos mais do que especiais à patroa Dani, Déa, Vandrope, Dani do Pão e Carlinha.

UPDATE: As garotas acima leram este post e me puxaram a orelha. Portanto, neste momento o escriba deste manuscrito encontra-se funcionando em mono. Se você é um leitor solidário, feche seu olho direito e leia-me assim como escrevo-o: em função mono.
O problema estava no alecrim, que, com 78% dos votos, foi eliminado nesse paredão. Aí, como a gente manda nessa casa mais do que o Boninho, botamos o Tomilho na receita. Conhece o tomilho? 
Se você pensou que é uma mistura de tomate com milho, errou. O tomate está para o milho como a Alessandra Negrini está para o Tiririca. Tá certo que ela é sem noção e casou com o Oto, mas é uma mistura que não funciona. O Tomilho é um farbusto aromático da família das labiadas. Grandes merdas, goooogle nos disse e agora sabemos. 

O que importa é que é um temperinho maneiro que vc pode achar em supermercados, ou plantar na sua casa e usar fresco, que é fresco mas é legal. Ou seja: tire o alecrim e bota o tomilho que ele é mais legal. 


22 comentários:

Aline disse...

Receita de marinada incrível para a abobrinha: faça um molhinho com azeite, sal, pimenta do reino (pouca), vinagre balsâmico (pulo do gato!) e as ervas de sua preferência (o manejricão é o melhor, mas se não tiver, salsa ou cebolinha caem bem). Fica uma delícia! Comi hoje mesmo.

Daniel Rodrigues disse...

Olha lá, você se antecipou ao meu próximo passo.. Vou começar a preparar receitas dos leitores. A primeira é a sua. Aguarde!!

Obrigado pela dica, tem jeito de ficar ótimo mesmo

Aline disse...

Detalhe: no molhinho vai também alho socado ou em pasta e cebola. Cozinheira wannabe é phoda!

Daniel Rodrigues disse...

Aline
Você já fez o alhinho assado que eu coloquei no post da picanha? Acho que ele deve ficar bom também, né?
Vou experimentar nos próximos dias. Ao que parece, teremos uma nova receita de abobrinha por aí!
Valeu!!

Fabricio disse...

Daniel, parabéns pelo blog. Finalmente achei dicas, histórias e receitas de churrasco sem frescuras. Caí no seu blog em busca de algum lugar onde comprar uma Cuiabana e acabei adicionando aos meus favoritos.
Abraço

Daniel Rodrigues disse...

Po Fabricio

Que legal que você gostou. Imagina o quanto eu não me divirto com isso aqui :-)

Aliás, se você tiver alguma dica, manda ae que a gente prepara!!

Só foi uma pena eu não conseguir te ajudar com a cuiabana. A menos que você esteja em Santa Albertina, Jales e região, vai ficar meio longe indicar o Adib. hehe

Valeu man!

Alexandre disse...

Salve Daniel.

Ontem fiz a abobrinha aqui, e o sucesso foi total: todos elogiaram e pediram mais.

Surpreendeu: eu achei essa abobrinha com cara de "frescura", mas agora ela vai pra grelha sempre!

Churrasco BBB - Bom, Bonito e Barato.

Abraços!

Daniel Rodrigues disse...

Cara, essa invenção da mulherada de meter abobrinha na brasa foi foda mesmo. Aqui em casa, todo churras tem que ter abobrinha. hehehe

O legal da abobrinha é que ela vai saindo aos poucos, então sempre tem alguma coisa na mesa pra galera comer. Vai ajudando a acalmar os ânimos enquanto uma carne mais preparada não fica pronta.

Churrasco BBB, Bom, Bonito e Bobrinha (ave, essa foi fraquíssima)

Abração
Daniel

Adriano Bauer disse...

Ae... aqui em Jundirock city, quando rola churrasco eu faço uma outra receita veggie e fresca!!! Berinj(g?)ela na brasa com queijo parmesão. Fica bom e a mulherada por aqui tb curte!!! Agora vou experimentar essa nova!
Abraço

Daniel Rodrigues disse...

Adriano, beleza?

Caraca, esse blog tá ficando famoso mesmo, dá uma olhada: o cara é primo do Jack Bauer!! hehehe

Po, manda essa receita aí, o que mais você põe na berinzela?

Boa sorte com a receita. Eita terrinha boa, Jundirock!!

"Quebequase" Latinos disse...

ah!!! achei!!!

foi só jogar gato na brasa no google e apareceu seu blog na primeira linha!

e olha q nenhuma dessas palavras faz parte do seu blog...

popular que nem churrasco!

bjs
gabi

Daniel Rodrigues disse...

Fala Gabi!!!
É, eu tou fazendo um trabalho especial pro Google. Este blog tem sido um tipo de laboratório pra mim, por isso que vc achou fácil.

Valeu a visita, moça! Fiquei devendo a abobrinha no dia que vcs foram em casa. Se soubesse, teria feito. Mas fica tranquila que eu prometo, e cumpro!

Beijoca
Daniel Rodrigues

Aline Dias disse...

Adorei o bom humor do seu blog. Parabéns!
Estou iniciando nas "artes do churras" e ja amei a receita da abobrinha. Vou experimentar esse findi.
Abraços
Aline Dias

Daniel Rodrigues disse...

Oi Aline

Valeu, garota! Que bom que temos aí mais uma churrasqueira. é a prova de que a mulherada também mete a mão no carvão :-)

E a receita da bobrim é boa mesmo, pode fazer que é sucesso garantido.

Abração
Daniel Rodrigues

Ana Pati disse...

Vou fazer amanhã.. vamos ver se é boa mesmo!

Daniel Rodrigues disse...

Ana Pati

Vai na fé, garota. Funciona que é uma beleza. Essa receita é assídua dos churrascos lá de casa.

Depois me conta como foi!

Abs
Daniel Rodrigues

Fefo disse...

Ô Daniel, esta receita ficou muito boa, só que vou defender o pobre do Alecrim...se não colocar muito, fica uma delícia. Uma outra dica é usar o sal líquido da Cisne, uma frescura que funciona (da prá salgar depois de assado, caso tenha errado a mão). Valeu Brother até a próxima receita.

Daniel Rodrigues disse...

Fala Fefo!!

pois e, camarada. A mulherada me vaiou, eu vaiei o alecrim e mandei o tomilho pro lugar.

acontece que a minha viralata comeu o pé de tomilho, e eu vaiei ela. e já faz alguns meses que, imagina só, o alecrim aparece na receita da abobrinha e fica gostosa do mesmo jeito.

a mulherada come e acha uma delícia, como se nada tivesse acontecido. vai entender essa raça

Valeu camarada

Abs
Daniel Rodrigues

Angela Machado disse...

Ola Daniel adorei o seu blog!! vou fazer sua abobrinha para o almoço aqui hoje, se ficar boa mesmo te recomendo lá no meu blog certo?? outra coisa bacana é espetinho de quiabo com bacon, já comeu???

E minha receita secreta de pão de linguiça de churrasqueira, vou fazer um videozinho e tre mando! Abraços!

Daniel Rodrigues disse...

Oi Angela, tudo bem?

Que legal que gostou, a casa aqui é sua!

Acabei de ver o teu blog, tem váááárias receitas legais lá.

Fiquei curiosíssimo com essa receita de espeto de quiabo com bacon, tem no blog?

Fico no aguardo do video!

Valeu!

Abs
Daniel

PIKANHUDO disse...

bem legal a forma que digita a receita , mas poderia ser mais objetivo , vc deve falar pra kct........

Daniel Rodrigues disse...

Falae parceiro, beleza?

Não, eu não sou tagarela assim não. Mas gosto de escrever bastante sim.

Faz parte :-)

Abs
Daniel

Postar um comentário

Torrou a picanha? Fez a receita e não deu certo? Dúvidas, sugestões, vai encarar? Escreve aí o que quer, mas não coloca propaganda que isso aqui não é a casa da sogra.

Blog Widget by LinkWithin