Follow me on Twitter RSS FEED

Ganhando cerveja na faixa

Nas categorias
Dá uma pensada aqui comigo: o que você faria por cerveja grátis? Antes que você comece a cogitar a possibilidade de sair de dentro desse armário aí, eu respondo. Faço chover. Escalo o Himalaia, enfrento o tigre-dente-de-sabre, entro na Delorean e volto no tempo pra fazer o meu pai pegar a minha mãe, ensino álgebra pro capitão caverna e vou à lua de sunga de crochê ensaiando passos de lambada!

E você? Faria o que? Aliás, sempre tem uma resposta idiota pra essa pergunta do você faria, né? "Eu não faço, mas o Reginaldo Faria". Ainda tem outros clássicos: "Eu não vou furar, o Juca Kfouri"! Adoro sabedoria popular.

Mas a sabedoria mesmo teve morada na minha mente no sábio dia em que decidi seguir o perfil da Heineken no twitter. Antes que você levante do sofá pra averiguar se a heineken da vez está embaixo o seu sofá, eu vou assoprar, assoprar e a sua casa eu vou derrubar. meu deus, de onde eu tirei isso? conto o segredo. Pára tudo o que você tá fazendo agora e te prepara pra uma caçada muito louca numa internet do barulho e segue esses caras aqui: @heinekenbr. Vai na fé, eles sempre tem novidades e promoções no twitter.

Bom, a útima nova era a seguinte: você ganhava um barril de 5 litros de heineken, e em troca entregava a sua alma tinha que fazer um pequeno favor a eles... contar como foi tomar os 5L. Simples assim, nada de cruzar o atlântico de pedalinho nem dar beijo de língua na vovó mafalda. Bastava buscar o barrilzinho num determinado sipermercado, beber, e contar como foi. Consegui fazer meu cadastro, busquei o barrilzão e o resto do meu depoimento, transcrevo abaixo. E não consegui essa boiada por conta do blog, nada disso. Qualquer um do twitter teve a mesma chance que eu. Aliás, eles nem sabiam que eu tinha isso aqui.

As linhas abaixo não foram escritas pra este blog, e sim para a própria Heineken, porque eu sou um cara de palavra e se eles me deram cerveja pra eu contar onde estão os dólares na suíça como foi, eu conto. Do meu jeito, mas conto. Na tela:

------------------------------------------------------------------------------------------------
De: Daniel
Para: Heineken
Assunto: Obrigado por vocês existirem!


Tudo começa na ensolarada sexta-feira de 10 de setembro. Uma breve consulta ao Google Maps e lá vou eu desbravar essa cidade de loucos rumo ao supermercado Mambo dos confins da Lapa.

Logo que saí, já notei que a coisa não ia ser assim, tão fácil. O trânsito fervia, parado, claro, sobre o asfalto. Era uma típica tarde quente de sexta-feira, e naquele dia me parecia que todos os 6 milhões de automóveis da cidade haviam saído das garagens: nada andava, e a distância até o Mambo era grande.

Tudo vale a pena quando a alma não é pequena, já diria o poeta, não é mesmo? Pois foi com esse pensamento que prossegui minha empreitada. Quando a alma não é pequena, quando a alma não é pequena... Mas a alma, no caso, não era pequena, não. Estamos falando de 5 litros da mais pura e imaculada alma enlatada, então, não seriam 6 milhões de automóveis engarrafados na minha frente que  me fariam esmorecer.

Algumas horas depois, encontro o tal Mambo. Aliás, me lembrei que o Raulzito, o maluco-beleza, tinha uma música que dizia que "dentro do mambo e da consciência está o segredo do universo". Logo, respira fundo e bora lá desvendar esse universo que eu só saio dali com 5 litros de alegria enlatada.

Lá no Mambo, encontrei rapidamente o box onde estavam sendo distribuídas as latonas. Algumas pessoas aguardando, e um companheiro alegremente distribuía a alegria para os que haviam, como eu, se cadastrado pelo twitter. Clima de alegria, todo mundo feliz por ganhar 5L de cerveja.

Chegou a minha vez, uma fotografia e um pequeno questionário pra preencher, no qual eu fiz questão de fazer a minha melhor letra, afinal, temos que agradar a quem nos dá cerveja. A Heineken nos dá cerveja, então, agradeçamos a Heineken dando aquele trato na caligrafia. Simples assim, uma relação justa e honesta.

Bacana, saí de lá sorrindo, com um barril de 5L de cerveja, que depois eu fui descobrir que se chamava KEG. Show, keg é legal. Se eu tivesse um cachorro, eu chamaria de keg. Meus filhos já tem nome, senão eu chamaria de KEG também. Os dois.

Pronto pra encarar mais algumas horas de trânsito? Não sem antes eleger meu mais novo amigo, o KEG, pra me fazer companhia. Sentei o KEG no banco do passageiro, e lá fomos nós enfrentar essa selva de asfalto.


Tenho que confessar que um ônibus emparelhou-se ao meu carro no trajeto, e eis que ouço lá de dentro "Ih, olha lá o cara com a cerveja no carona!" e as gargalhadas chacoalharam aquele ônibus. Tomara que tenha sido um momento de alegria para aquelas pessoas, porque se estava ruim pra mim no carro, com sonzinho e ar condicionado, pra eles devia estar bem pior. Mas chega de sentimentalismo barato, não seria por isso que eu dividiria a minha cerveja com eles. Já pra casa, Daniel!

Antes de chegar, uma passadinha no posto, e eu já tinha quase tudo o que eu precisava: cerveja e gelo. providenciei uma geladeira, e botei as crianças pra nanar: cervejinha na caminha coberta com gelinho, dois nana-nenéns e um beijinho do papai. Agora é só deixá-la quietinha esperando os convidados. Que convidados?


Agora era a hora de abusar do telefone, pra contar a todo mundo que estávamos prestes a realizar uma façanha: encher a alma de Heineken, na conta da Heineken. À medida que eu ia contando, os amigos não acreditavam.

- Isso mesmo, aparece em casa hoje que temos 5L de Heineken pra tomar.
- caraca, vc pagou caro?
- nada, zero reais. Ganhei deles, temos que beber e depois contar como foi.
- tá vencida!

Assim procedi. Mas consegui convencer a todos que não tinha nada de errado com a cerveja. Não, não era a pegadinha do malandro. 

Claro que eu ajudei a convencer todo mundo, né? Já fui logo avisando que a churrasqueira iria receber 4kg da mais linda costela ponta de agulha pra acompanhar tão nobre elixir.

Findo o horário comercial, os amigos começaram a aparecer. Primeiro o Pão e a Dani, depois Brunão e Bel, depois chegou o Daninho e por fim, Gil e Vanessa. Não perca a conta, essa vai pra ficha técnica:

- Gustavo, o Pão.
- Daniela, esposa dele
- Bruno
- Isabel
- Daniel Daninho
- Gil
- Vanessa
- Além de mim, Daniel Rodrigues e da minha esposa Daniela. 

Muitos danis nessa turma, não acha? Nós conseguimos façanhas como estar entre 8 pessoas e apenas 3 nomes. Acontece.

Quando o pessoal chegou, o lindo e lustroso KEG já estava tinindo dentro da geladeira. Ficara lá umas boas 4 horas. Ajeitei o gelo de maneira que o KEG ficasse de pé rodeado de pedras de gelo, dentro da geladeira. 

O milagre todo aconteceu em segundos. Sorry, pessoal, mas esse pessoal relacionado aí em cima não é do tipo que brinca em serviço quando o assunto é tomar cerveja, não. Os 5L duraram uns bons 40 minutos. E quando eu digo bons, eu não estou brincando, porque tudo o que eu ouvia eram elogios "nossa, uau, que delícia", e assim por diante. Fizemos brinde, levantamos o KEG tal e qual o Ayrton no GP Brasil de 93. Só não pude tirar fotos naquele momento, pois dividia todo o meu tempo entre compartilhar a cerveja e cuidar do churrasco. Me desculpem, não sou exatamente um exemplo de multitarefa. 

Pra finalizar o KEG, saiu a costela. Aí, sim. Cerveja de qualidade pede comida de qualidade. E, modéstia à parte, a minha costela (não, necessariamente, a minha, você entendeu) é simplesmente fabulosa. 

Deu tempo de tirar uma foto dela. Afinal, se vocês nos fazem salivar por 5L de cerveja gelada e gostosa, eu me sinto no direito de fazer uma pequena vingança, e mandar de volta uma pequena imagem da costela que consumimos junto do KEG. E mando assim, no meio do expediente, mesmo. Só pra dar vontade.



Obrigado pela experiência, Heineken!

Abs
Daniel Rodrigues


37 comentários:

Mesa pra 1 disse...

Pô! Pra isso tu não chama nói, né!

kakakaaka

Parabéns, man!

Ediclan disse...

Fala aí predestinado a morrer carnívoro!!!

que coisa hein!

Deu contade de ter conhecido voce desde criancinha para fazer parte dessa turma. . .
Quem batalha tem o seu quinhão.
Minha turma de corredores famintos está esperando a próxima resenha de churrascariavagabunda. Se demorar demais, vamos fazer um revival na Tramontana. Tá dando uma saudade do André (se é que voce me entende).
Como é bom estar no topo da cadeia alimentar!

Abração velho!!!

Daniel Rodrigues disse...

Fala Véio, beleza?

Po, parabéns pra mim nada... Parabéns é pra você, compana.

Gente, o Véio, do excelente blog Mesa pra 1 ganhou o tal concurso que vai fazer alguns blogs virarem livro, na categoria culinária.

Acessem lá e casquem vossos bicos com as receitas filmadas do cara. Diversão garantida!

http://mesapra1.blogspot.com

Abração
Daniel

Daniel Rodrigues disse...

Ediclan

Resenha de churrascaria vagabunda não é assim tão fácil de fazer, não... É que na tramontana, aquele foi um dia mágico. Sabe aqueles dias em que tudo acontece? pois então..

pra você ter uma idéia, teve uma outra vez que eu fui numa vagaba qualquer. Mas não aconteceu nada de especial, tava tudo ruim, a companhia não era lá essas coisas.... aí não deu vontade nem de escrever, sacou?

Sobre os amigos... po, sou suspeito pra falar. mas essa galera é nota 10. fico muito feliz e realizado pelos amigos que tenho. Por falar nisso, deixa eu voltar pras panelas pq tou preparando uma feijoada pra eles, daqui a pouco chegam os esfomeados!

Abs
Daniel

Sueila Luz disse...

E aí Daniel?

Bom, no lance da cerveja fiquei na pista pois não bebo, mas que foi maldade a foto da costela foi hein? rsrsrs
Que fominha que me deu... pena que não dá pra dar uma esticadinha até SP... bem que gostaria só pra provar seu famoso churrasco!!!

Respondendo à sua pergunta sobre o ''namorido''..sim ele é Web Designer e modéstia à parte faz ótimos trabalhos... mas não é só isso! Adora uma boa pescaria, agora msm ele tá em uma e eu sozinha no sabadão =/ ... mas são ossos do oficio da mulher né? hehe...

Bom fds pra vc e da-lhe currasco e cerveja ( pra quem gosta muito como vc!)...

Beijão...

João disse...

Daniel, já publiquei dois livros de contos. O último "Qual será o Sabor da Crônica" foi lançado em Agosto, na 21ªBienal Internacional do Livro, aí no Anhembi. Cada um tem 40 contos curtos ou crônicas bem divertidas, seguidos de uma receita da culinária aqui de casa.
Tem feito sucesso e está sendo vendido na Livraria Cultura ou no site da Editora Baraúna, pelo sistema de demanda, ou seja a entrega do livro demora alguns dias. Mas quem quiser adquirir algum exemplar, com autógrafo e dedicatória e só solicitar-me pelo e-mail jbgregor@uol.com.br que envio pelo Correio.
Pronto, fiz minha propaganda...kkkk
João

João disse...

O sogro de minha filha chama-se Cag (a pronúncia é a mesma de Keg) mas é um excelente nome prá cachorro!
O almoço por aqui, ontem, rolou até as 8 da noite. Maior ressaca hj pois tinha cerveja de várias marcas. Estou tentando firmar as pernas para ir às urnas (rsrsrs). Bom pleito a todos e que Deus nos proteja!
Abs
João Batista

Daniel Rodrigues disse...

Fala João, beleza?

Bacana o lance do livro. Parabéns!! Tb tou planejando escrever um. Te cuida Manoel Carlos!! hehehehe

Sobre o almoço.. a feijuca de ontem simplesmente desapareceu hehe. Foram 13 pessoas no almoço, e mais os amigos que vieram de noite. cada um comeu um tequinho, acabou-se tudo, não sobrou nem molhinho de pimenta hehehehe

Depois posto a receita aqui, com fotos e tudo

Abs
Daniel

Daniel Rodrigues disse...

Sueila, tudo bem?

A foto da costela foi só pra fazer vontade, mesmo.. mandei pra eles no meio da tarde hehehehe

Pode ser que aconteça um evento bacana onde vamos juntar todos os leitores pra um churras. Vai valer a viagem do RJ pra cá!

Abs
Daniel

João disse...

Tá que nem aquela música: "só me sobrou o bagaço da laranja!"
JB

Daniel Rodrigues disse...

João

hehehe,... sobrou nada mesmo, nem bagaço.

aliás, o dia ontem foi tão intenso que eu fiquei até doente, tou gripadão hoje..

Abs
Daniel

Wagner disse...

Salve, salve!!!

Graaaande Daniel!

Vc é um puta de um sacana, olha o que vc fez com os caras da Heineken. Eles na maior boa vontade te oferecem um KEG de 5 litros de boa cerveja e vem vc e lhes envia uma foto dessa costela no meio da tarde! #PUTAFALTADESACANAGEM

Enfim, não colocou se a Heineken iria dar algum brinde ou se era uma promoção para a melhor historia.

Feijoada é, podia colocar essa no 'receita de panela'. A ultima sua que fiz foi o Risoto de Camarão e graças à vc, deu certo.

Falando em receita de panela, parabéns, viu o que rendeu a receita da vaca atolada, 99 comentários.. Pô, o negócio tá bem movimentado hein!

*voltando a Heineken de 5l, vc contou aos caras o que pretende fazer com o KEG? Ou ainda não sabe se vai rolar 'aquele costela no bafo'?

Abrazzzz, se cuida com esse resfriado aí que tá chegando feriado.

Daniel Rodrigues disse...

Fala Wagner, beleza?

O lance com a heineken é simples assim: eles colocaram no twitter: "quem quer colaborar com a heineken põe o dedo aqui que já vai fechar". Eu me apresentei, el ganhei o KEG, em troca da história. Não era competição, nada disso. E não fui só eu, um monte de gente ganhou. Quando busquei a minha no tal mambo, tinha mais algumas pessoas lá buscando as suas tb...

Por isso que eu falei: segue os caras e fica esperto, porque eles estão fazendo ações como essas direto!!

A feijoada vai virar uma série de vários posts. Porque não é só o feijão, né? Ainda tem a costelinha, a bisteca, os molhos, enfim.. eu acho que não cabe tudo num post só.

Abs
Daniel

Abs
Daniel

Personal Grill disse...

Ontem fiz um joelho de porco com repolho podre.

Nojento?
Se falasse que fiz um Eisbein acompanhado de Sauerkraut (Chucrute) ninguém iria reclamar. Bem, na verdade tentei. É que estava passeando pelo Mercado Central e vi um pote de conserva de Chucrute e me deu uma enorme vontade de tentar pela segunda vez fazer o Eisbein, pois na primeira vez eu assei o joelho, mas não tinha o chucrute. Mas no fim ficou bacana e a fome mais uma vez não deixou tirar umas fotos.

A sacanagem maior, dia de eleição e a geladeira sem nenhuma cerveja. E me deparo com este post mais a foto do Kreg. Sem contar a costela.

Sacanagem hein Daniel?!

Daniel Rodrigues disse...

Raphael

mais sacanagem ainda, porque em SP não teve lei seca nas eleições. hehehehe

cara, eu tenho descendência alemã. Minha família inteira sabe fazer o chucrute tradicional, aquele roots mesmo. Aquele que alimentou fritz, que alimentou helga e que alimentou franz hehehehe

Já combinei com as tias, um dia vamos nos juntar pra fazer esse trem aí. Aí eu conto pra vocês como é.

Falanndo em Esibein, eu vi uma receita de joelho de porco na churraca, que deve ser uma delícia... Alguém já experimentou?

Abs
Daniel

Personal Grill disse...

Eu vi este Joelho de Porco na churrasqueira e tamém estou com vontade de fazer, mas vai cair nos mesmos problemas da costela, o espaço, o tempo e a espera dos convidados.
O Eisbein que fiz ontem, como há inúmeras receitas diferentes na internet, optei por dar uma cozida na pressão e depois mandei para o forno. Dei uma refogada no Chucrute e para acompanhar umas batatas sautè. Sem contar a mostarda escura que amo.
No lance das batatas, na verdade gostaria de fazer o Klöss, mas não me atrevi.

Abraço!

Daniel Rodrigues disse...

Personal Grill

O joelho não deve ocupar muito espaço, não.. Mas deve levar tempo, isso sem dúvida.

Mas pela foto que vi, parecia tão suculento que eu babo só de lembrar hehehe

abs
Daniel

João disse...

Pessoal
Faço sempre joelho de porco. É uma delícia.
Às vezes faço no forno e às vezes na churrasqueira. Até que não demora tanto assim! O negócio é temperá-lo de véspera (bater no liquidificador 4 cebolas, 1 cabeça de alho, 1 maço de cebolinha, 1 maço de salsinha, mangericão, sálvia, louro, 1 copo de vinagre branco, 1 copo de água, 1/2 copo de azeite de oliva e cumari). Deixar marinando por, no mínimo 12 horas. Embrulhar em laminado e assar. Descobrir o joelho por uns 30 minutos para tostar. Costumo cortá-lo em 2 ou 3 pedaços antes de temperar.
João

Daniel Rodrigues disse...

João

Cacildis, os caras já tem a receita na manga!! Daqui a pouco nem preciso mais escrever nada aqui hehehehehe

Valeu mesmo, vou experimentar no próximo churras (se o tempo melhorar, né? vai entender um mês de outubro com esse frio).

Posso postar aqui no blog, com os devidos créditos, claro?

Abs
Daniel

João disse...

Claro, fiote!
Esqueci-me de dizer que o sal e alecrim(1 colher de sobremesa) vão direto no joelho, sem bater no liquidificador.
ehehe
João

Daniel Rodrigues disse...

engraçado esse lance de alecrim no joelho, mas vou experimentar hehehehehe


Abs
Daniel

João disse...

Churrasqueira de bafo
JB

Personal Grill disse...

Posso ser excelente churrasqueiro, mas péssimo cozinheiro, sempre que vou fazer algo tenho que recorrer às receitas da internet ou à patroa. O problema de recorrer à patroa é que, quando estou na cozinha ela aproveita e esquece das panelas, deixando o trabalho todo para mim. Eu que se vire!
E homem na cozinha é foda. Sempre tem aquela panela que você não acha, ou a vasilha que está na sua cara e você não vê.

Caio Racca disse...

Daniel,

Também peguei o meu KEG, mas foi por email.

A Heineken é show e adoro as propagandas e comerciais. Muito bem bolados e inteligentes. Fora que a cerva é lager e para mim, a melhor e minha breja de cabeceira. Pena custar o dobro que as "normais".

Abs,

Caio Racca

Wagner disse...

Brothers,

Sabe que tomei Heineken apenas uma vez e achei um sabor bem forte, encorpado, sei lá. Bem Diferente. O que tenho visto ultimamente é o evento de musica, arte e sustentabilidade que vai acontecer em Itu nesse fds que a Heineken está patrocinando e eu estarei lá.
Falando em Itu, alguém aí sabe de algum ponto bacana para se comer(dormir e tal) por lá? Daniel, vc que já jogou futebol por lá, sabe de algo bacana? Serei mochileiro solitário pela 1ª vez.

Não lembro se foi aqui que vi uma receita de costela no bafo feita dentro de "uma KEG" dessas. O que vc acha Daniel?

Abrazz!!

Daniel Rodrigues disse...

Personal

Putz, eu vou te falar que churrasco e cozinha andam lado a lado... pra começar a cozinhar bem, é só se dedicar um pouquinho.

Sobre a panela que você não acha, eu tenho uma teoria: as mulheres trocam as coisas sistematicamente de lugar, só pra você não encontrar hehehe

Abs
Daniel

Daniel Rodrigues disse...

Caio, beleza?

Pois então, eu tb acho a heineken fabulosa. O que mata é que ela ainda é cara, apesar de ter baixado bem o preço.

Conta pra mim, como pegou o KEG por e-mail? hehehe

Abs
Daniel

Daniel Rodrigues disse...

Wagner

Ponto a ponto:

1 - A heineken é mais forte sim. As brejas que a gente tem aqui são meio aguadas, e acabamos nos acostumando com isso. A heineken segue a linha das brejas gringas (ainda que seja feita aqui). Nesse fds, um amigo trouxe um KEG pra feijoada. Tomamos, e quando acabou, voltamos pra itaipava mesmo. A diferença no sabor é gritante..

2 - Quando vou a Itu, fico na casa de uma prima, ou na casa de um amigão da época do colegial, que tá morando lá e é o cara que organiza o campeonato. Nem conheço muita coisa na cidade, não. Mas já te adianto: tá todo mundo procurando lugar pra ficar, dá seu jeito aí, senão vc fica na rua :-)

3 - Sobre o churras a bafo dentro do KEG, fui eu mesmo que inventei essa gambi. Funciona razoavelmente, mas já tou bolando um plano melhor.. depois mostro pra vocês

Abs
Daniel

Caio Racca disse...

Daniel,

Fui pedindo licença pros bytes e entrei no meio daquela sequencia 1110010100011.

Nada... Mandei um email pro sac@heineken.com.br e assunto: quero ser colaborador... 2 dias depois e o email tava na minha caixa postal, falando para eu ir buscar o líquido precioso num Mambo, mas lá em Santo Amaro... O resto você conhece. O transito também tava muito ruim, mas a companhia depois se tornou muito boa!!!

Abs,

CR

Caio Racca disse...

Daniel,

Quer o meu depoimento que mandei pros caras?

CR

Daniel Rodrigues disse...

Caio

Você fez, praticamente, um download hehehe

Po, que boiada.. O meu KEG eu tive que buscar no mambo da Lapa, lá na casa do chapéu.. se fosse em sto amaro tava fácil hehehe

Manda o depoimento pro meu e-mail, fiquei curioso, agora!

Abs
Daniel

BETH SOUZA disse...

Oi Daniel, tudo bem??? Não sou muito de escrever não, mas o teu blog me viciou em leitura, todos os dias olho se tem novidades, e o que mais gosto de ler são os comentários, as vezes me pego rindo sozinha, rsrsrr adoro ver esses depoimentos.
Parabens pelo teu 'barrilzinho', rsrsrsr
agora concordo com os outros, p... sacanagem a foto da costela hein???um grande abraço... Beth Souza

Daniel Rodrigues disse...

Beth

Que bacana que tem se divertido com o blog. E concordo com você, os comentários aqui são a melhor parte!

Valeu! Gostaria de poder escrever com mais frequencia por aqui... mas não dá, demoro um tempão pra escrever cada post, se eu fizer mais, não trabalho hehee

Abs e obrigado!
Daniel

João disse...

Uau! Mega Sena acumulada em 115 milhões!!!
Passaria o resto da vida de bermudas, nas Bermudas, com joelhos na grelha heheh
João

João disse...

Acompanhado por aquele peito na cerveja, postado ali acima....
JB

Daniel Rodrigues disse...

João

Putz, com mega-sena aculumada, eu ficava o resto da vida, com o joelho numa mão e o peito na outra.. kkkkkk e tomando cerveja na boquinha mesmo

Vida dura, viu

Abs
Daniel

João disse...

Uai, cadê os peitos? Sumiram!!!

Postar um comentário

Torrou a picanha? Fez a receita e não deu certo? Dúvidas, sugestões, vai encarar? Escreve aí o que quer, mas não coloca propaganda que isso aqui não é a casa da sogra.

Blog Widget by LinkWithin