Follow me on Twitter RSS FEED

Como preparar uma paleta de cordeiro na churrasqueira

Nas categorias
Vou começar este post tirando uma dúvida de todo mundo: qual a diferença entre cabrito, carneiro e cordeiro? Para iluminar sua mente brilhante, faço minhas as palavras do mestre Google: 

“O cordeiro é o ovino de até quatro meses, filhote do carneiro e da ovelha, enquanto que o cabrito é o animal da mesma idade, resultado da cruza do bode e da cabra. Mesmo com essas diferenças, ambas as carnes são as mais saudáveis entre as vermelhas, pois possuem menos gordura, mais proteína, mais ferro e ainda são ricas em vitaminas do complexo B”. 
Palavra de José Henrique Carlan, proprietário do restaurante Pata de Cordeiro, que fica em algum lugar do Paraná.

Ok, isto claro, vamos aos fatos. Desde que adquiri uma churraca responsa, sempre quis fazer uma paleta de cordeiro pra galera. A isto se deve o fato de que a Dona Ivette, a nonna, prepara uma no forno que me faz lamber os beiços. Nada mais natural do que tentar fazer a minha própria paleta, não?

O primeiro passo foi correr à internet. Bora lá procurar todo tipo de receita. Nenhuma me agradou, seja pela simplicidade absoluta (meta sal e bote a perna no fogo) ou pela imensa quantidade de viadagem (pegue a perna, passe mel, coloque uma lingua de gato, reze 3 ave-marias..). Fiz um catadão de idéias que me pareciam interessantes e inventei o meu próprio cordeiro.

Primeiro passo: o que fazer com a perna em si. 
Pelo que procurei, só encontrei paletas congeladas.  Comprei um belo exemplar. Aí nasceu também a primeira cagada: Pra descongelar a bichinha, enchi um balde de água, taquei a peça dentro, devidamente embalada à vácuo, e deixei no sol. Assim que cumpri as etapas acima, bora pra internet ver se aparece mais alguma receita legal. Mas não, acabei descobrindo que a paleta é uma peça sensível e deve ser descongelada vagarosamente, na geladeira. Fudeu. 

Segundo passo: preparando o molho pra marinar. 
Em quase todas as receitas que li, a paleta deveria marinar por algumas horas num molho xyz, que, em geral tinha vino branco ou cerveja, e azeite. Optei pelo vinho branco, porque cerveja bebo eu e carne nenhuma vai tomar a minha. As receitas falavam em 1 copo de vinho e um copo de água. Como eu não faço receita de mulherzinha, mandei logo uma garrafa inteira, sem essa de água. Vinho branco seco, hein fanfarrão! Não vai comprar suave pq vai fazer a tua carne doce como um pirulito.

Bom, joguei o vinho no liquidificador e taquei lá 150ml de um azeite bom. A patroa me disse que pra cozinhar pode ser qualquer azeite, mas eu mandei lá um italiano.

Pra dar um tempero no molho, vale a pena meter umas ervas. Recorri aos vasos da patroa e, com a ajuda e uma prima que sabe qual erva é qual, voltei com hortelã, manejricão fresco, salsinha, alecrim, além do orégano e da folha de louro, daquelas que vende num saquinho.

Dei uma colherada generosa no orégano. Joguei as folhas de 5 galhos de hortelã. As folhas de 2 galhos de manjericão e duas folhas de louro. As folhas de 4 galhos de salsinha e um pouquinho de alecrim (que na real nem fez diferença). Era pra dar uma pitada de pimenta do reino, mas eu me atrapalhei com a embalagem e deixei cair bastante, mais ou menos uma colher de chá. Adicionei sal fino, fechei a tampa e começou a lambança. É, um litro inteiro de vinho + esse monte de coisa pode ser demais para o seu liquidificador. Para o meu foi, e vazou bastante. Ainda bem que deu pra passar um pano antes da patroa ver. Recomendo bater tudo com apenas meio litro de vinho, depois vc adiciona o resto.

O molho fica com uma aparência bizarra, parece um lodo de pântano. Isso acontece porque o azeite tende a subir em relação ao vinho (é, eles não se misturam, vc lembra da aula de ciências?) e fica com aquele monte de tempero batido. Mas vai na fé que fica bom. 

Terceiro passo: marinando a pernoca.
Caso você não saiba o que é marinar, consiste em deixar determinada peça de carne praticamente boiando em determinado molho, crua, durante determinado tempo. Sacou? Vamos meter a paleta do cordeiro num recipiente, jogar o molho nojento que acabamos de fazer, e deixar lá no mínimo 12 horas. 
Usei uma bandeja quadradona daquelas de alumínio, coube a peça direitinho. Se você tem mulher ou mãe em casa, abre o forno que você vai encontrar uma peça dessas.
Ponha lá a pernoca. Jogue todo o molho em cima.  De hora em hora, depois de conferir o resultado da telesena, vire a peça. Como já disse, o vinho tende a ficar por baixo, e o azeite faz uma meleca em cima com as ervas. Com uma colher, espalhe um pouco dessa meleca sobre a peça. Assim vai por umas 10 ou 12 horas. 
Uma dica legal é fazer uns furinhos com a faca na carne. Ajuda o molho (e o vinho) a penetrar melhor e pegar o gosto. Mas não seja um orangotango, faça apenas meia dúzia de pequenos furinhos. 

Quarto passo: lugar de carne é na grelha!
Espetei a peça toda num daqueles espetos duplos. ela fica mais firme na churraca. Pra assar por igual, requintes de crueldade: tem um lado que dá pra ver nitidamente um ossinho, onde ficava plugado o pezinho do bicho. Esse lado tem menos carne, e é interessante usar a cabeça na hora de espetar, de maneira que esse ossinho fique voltado pro lado de fora da churraca. 
Quando pegar uma paleta de cordeiro na mão, você vai conseguir identificar um lado mais magro do que o outro. Coloque na churraca, no andar mais alto e com esse lado magrinho pra baixo. Se a sua churraca não faz o estilo Empire State, deve ser o terceiro andar. Fogo forte, não é hora de economizar carvão.
Lá pela terceira ou quarta breja, o lado de baixo começa a ficar escurinho. Aparência de assado é facinho de reconhecer. Quando achar que tá ok, vire a peça. Mesma coisa, mais 3 ou 4 brejas e se achar que tá legal, tire. 
É uma peça muito grande e chata pra cacete de cortar. Recomendo separar um cantinho no terceiro andar da churraca, e ir tirando tequinhos da carne aos poucos. Se quiser cortar tudo de uma vez, vai ficar frio. 

O resultado foi fenomenal. Mesmo eu tendo cometido várias cagadas no processo, embebedado um filhote de ovelha e ter tacado temperos de forma descoordenada e aleatória, a paleta de cordeiro fez a festa. É uma carne tão saborosa, que você pode errar à vontade que fica bom.

IPDA: entre 35 e 50 reais, dependendo da qualidade dos ingredientes. A paleta custou 28, o vinho custou 6 e o azeite custou 12.
Rendimento: Se for a única peça do churrasco, deve alimentar uns 4 ou 5 marmanjos.
Tempo de preparo: 3 latas pra fazer o molho. No cozimento, pode contar com 4 latas de cada lado do bicho. Ou seja, além do cordeiro, você também absorve uma quantidade legal de álcool.

Este post é uma homenagem a todos os amigos de má índole que comeram o cordeiro dizendo que o frango tinha ficado ótimo. Amo todos vocês, seus malditos.


131 comentários:

Anônimo disse...

oi vcs nao tem nenhuma receita de lebre ou coelho? eu gostaria de aprender a temperar para assar em forno!! obrigada

Daniel Rodrigues disse...

Oi querida

Nunca fiz nem lebre, e nem coelho... Mas ainda vou fazer. Acompanhe o blog que vc ainda vai ver!!

Abs
Daniel Rodrigues

Anônimo disse...

Belo texto! A sua receita é uma das bases pra minha mistureba. Obrigado por evitar que eu cometesse a cagada do descongelamento.

Daniel Rodrigues disse...

Compana, tamosae.

Manda pra gente a tua mistureba.. Fiz ontem uma perninha de cordeiro desse jeito aqui e ficou bem legal... mas queria conhecer novas receitas, se você puder mandar, agradeço.

Abração
Daniel Rodrigues

Anônimo disse...

voce fala tanto em viadagem , mas acho que vc é uma bichona e tanto.

Daniel Rodrigues disse...

Pode ser. E você, que se ofendeu tanto... desconfio :-)

relax, baby. a vida é muito mais do que isso, não leve as coisas tão a sério

grande abraço
Daniel Rodrigues

Linhão disse...

Me identifiquei com a dinamica da coisa...é a minha cara, certeza que será apresentada a minha churrasqueira.
Abraços

Daniel Rodrigues disse...

Fala Linhão!!

Que bom que se identificou. Isso aqui é feito pra gente assim, churrasqueiro e glutão! hehe

Valeu a visita!

Abração
Daniel Rodrigues

Edson Rocha disse...

Fala Daniel, como vai ?

Adorei a receita. De forma muito engraçada e descontraída, aprendi o que é um cordeiro.

Tbm faço minhas receitas e churras com os amigos.

Vou ficar de olho no seu blog. Adorei.

Grande abraço.

Edson Rocha.

Daniel Rodrigues disse...

Fala Edson! Beleza, companheiro?

que bacana que gostou. me deu uma boa ideia, faz um tempo que eu não faço essa perninha de cordeiro, vou preparar uma pro próximo jogo do Brasil!

Se tiver alguma receita especial dos teus churrascos, mandae que a gente publica!

Abs
Daniel Rodrigues

Bruno Paganin disse...

Cara, tava procurando umas receitas de cordeiro e achei a tua... me diverti bastante com o teu texto vou fazer um cordeirinho pra uma galera esse finde tomara que de certo! grande abraço!
E dalhe tocar uma garrafa de vinho branco inteira!

Daniel Rodrigues disse...

Fala Bruno, beleza?

Cordeirinho é tudo de bom, adoro essa carne..

Se quiser aproveitar o ensejo e beber meia garrafa de vinho, jogue só metade na receita e complete com água. Aí dá pra tomar um goró na conta da receita hehehe

Abs
Daniel

Jorge disse...

O melhor destas receitas é a forma recatada e didática que são escritas...

Abs
Jorge Lobato

Daniel Rodrigues disse...

Falae Jorge, beleza?

Esse é o esquema por aqui: didaticamente, servimos meia boca pra servir de vez em quando, já diria o saco de pão :-)

Abs
Daniel

Anônimo disse...

Ola, muito cheio de coiseira essa receita aí !! mais parece boa, mais a paleta do carneiro e a melhor parte da de 10 no pernil, e na costela, entaum banha ela com cerveja, pode se de marca ruim mesmo hehehe pa num da dó, e passe sal grosso dos dois lados, o lance da churrasqeira no terceiro andar tem toda a razao e fogo forte, sinceramente melhor q no sal grosso impossivel !! Detalhe no nosso aqi qdo a gte vai fazer, encomenda o cara mata a gte busca, as 10 da manha nem passa pelo freezer ( previlegios do interior )7,50 o kg limpinho....abraços

Daniel Rodrigues disse...

Fala parceiro, beleza?

É, a receita é meio cheia dos detalhes sim. Acontece, mas recomendo... fica boa sim.

Gostei da sua dica da cerveja!! Na próxima paleta, vou fazer a experiência sim.

Sobre os privilégios do interior... é sacanagem, né? 7.50 o kg limpo do cordeiro fresco é bom demais... Aqui, pagamos quase $30, aquele cordeiro congelado que morreu no mês passado.. cruel demais

Abs
Daniel

Jose Passos disse...

E aí,malandro,que receita esperta.Bem parecida com meus gandes dotes culinários.Sabadim vou mandar ver essa carnuda de cordeiro pruma galera nota 10.Depois conto o resultado.Ah,claro,vou vou fazer algumas cagadas também

Daniel Rodrigues disse...

E ae Jose, beleza, compana?

Não se preocupa com as cagadas, não. Esse bichinho aí fica tão bom na grelha, que tu pode errar muito, e ainda fica bom.

Depois conta ae como foi!

Boa sorte!

Abs
Daniel

Jorge disse...

Fala Daniel!
eu tenho um cordeiro inteiro sera q a receita do tempero fica bom pra um cordeiro inteiro!
eu espero q fique pois adoro um cordeiro....e um churras com a galera!
ah mto bom o texto espero encontrar varias receitas por aki!
aabraco

Daniel Rodrigues disse...

Fala Jorge

Não faria o cordeiro inteiro com essa receita. O vinho branco, o hortelã tem sabores bastante marcantes, pode ser que não fique tão saboroso numa peça como a costela, por exemplo.

Maaaaaas... Pro cordeiro inteiro, eu tenho uma dica: mande num açougue onde o pião saiba lidar com cordeiro, e peça pra ele separar as duas paletas, e picotar o resto. Isso mesmo, picotar.

Existe uma maneira de cortar o cordeiro (e, principalmente, carneiro), onde ele vira um monte de pedacinhos, e aí não dá mais pra identificar o que é uma peça e o que é outra.

Aí vc prepara as paletas com essa receita.

O resto do cordeiro, deixa marinando com um tempero de limão china (um amarelinho, grande e meio pontudo), pimentinhas e sal, pouco sal. Depois manda pra grelha com fogo forte e tira perto do bem passado. Fica um espetáculo.

Aprendi a comer isso em Penápolis, SP. Esse pessoal sabe o que é bom da vida :-)

Abs
Daniel

Jorge disse...

Boa Daniel,
Irei preparar dessa maneira e dps volto aki pra te contar como ficou!
eu sempre ouvi falar q carne de carneiro tem q ser bem temperada, e gostei desse tempero.
Conheco o pessoal da regiao de Penapolis-sp um pessoal q sabe fazer um carne!

Muito obrigado!
abraco
Jorge

Daniel Rodrigues disse...

Jorge

Bacana, depois conta ae como ficou.

No mercado aqui perto de casa, a carne de cordeiro está custando o mesmo preço do boi, vê se pode??

Acho que esse final de ano vai ser regado a cordeiro. O que náo é nada mau :-)

Abs
Daniel

Jorge disse...

Daniel
Fiquei abismado com o preco da carne de boi!
nao faco churrasco carne boa ultimamente nao...vo apela pra uma carne melhor....a de carneiro msm....
ahhahahahahahahaha

Ate mais
abrass
Jorge

Daniel Rodrigues disse...

Fala Jorge

Claro que isso é regional, mas nessa época do ano sempre acontece isso: o preço dispara, depois volta ao normal.

Um açougueiro me contou o porque: nas festas de final de ano, consome-se muito peru, porco, etc e menos boi. Pra evitar o preju, os caras param o abate da mimosa e sobem o preço. Depois volta ao normal.

Estou me informando melhor sobre esse assunto, e depois vira um post.

Enquanto isso, comemos carneiro mesmo. Lá nos mercados próximos à minha casa, já ficou mais barato que boi.

Abs
Daniel

Anônimo disse...

maneira a receita e boa a dinamica do texto!!

Daniel Rodrigues disse...

Anonimo amigo

valeu ae! Apareça mais vezes, a casa é sua

Abs
Daniel

Anônimo disse...

Cara, ficou dez !!! Fiz a receita pro Natal e a galera que estava duvidando teve que dar o braço a torcer !! Valeu pela dica do descongelamento.
Abraços

Eduardo Medeiros

Daniel Rodrigues disse...

Fala Eduardo, beleza?

Essa carninha é mesmo gostosa pra caramba, né? Na ceia de anteontem, fiz um pernil do cordeiro, ficou nota dez..

Po, ainda bem que o pessoal gostou por aí, né? Agora vc tá com moral na familia hehehe

Valeu!!

Abs
Daniel

Anônimo disse...

Sua receita me fez ficar com água na boca. Fim de semana eu e meu marido vamos preparar uma..... Valeu as dicas!!!

Evian e Paulo César

Daniel Rodrigues disse...

Evian, Paulo, tudo bem?

Que legal que a receita agradou. Depois de pronta, vai agradar mais ainda! hehehe

Boa sorte com o cordeirinho, esse bicho fica maneiro mesmo!

Obrigado pela visita!

abs
Daniel

Maurício disse...

Mas crééééédo, que receita abagualada. Como se diz aqui no sul "me caguei rindo" com o texto, mas um texto de fundamento. Bela receita e um espetáculo de blog. Gracias e abraços!

http://identidadecampeira.blogspot.com/

Daniel Rodrigues disse...

Mauricio

Obrigado, cara.. Mas juro que fiquei preocupado com a expressão "abagualada" kkkk

Seja bem vindo!

Abs
Daniel

Gilson Macedo disse...

Meu irmão, eu nunca tinha pensado em usar a cerveja como "medida de tempo"! Minha mulher vai ficar doida, mas meu sogro vai se amarrar!
Agora, cá entre nós, a carne de carneiro tem um gosto meio "fedido", não? Principalmente as feitas em churrascaria!

Daniel Rodrigues disse...

Gilson, tudo bem?

Essa medida nasceu porque eu sempre cozinho tomando uma brejinha pra acompanhar. E todos nós sabemos o tempo que levamos pra derrubar uma latinha.. Logo... hehehehehe

Abs
Daniel

Julio disse...

Cara...
Show de bola sua receita... chorei de rir vc narrando a receita.. hahahah "tele sena"... muito bom mesmo...
Vou começar a acompanhar sempre seu blog e trocarmos umas receitas...
Eu sou do mesmo estilo seu.. vai colocando os ingredientes no olho sem receita...
Abraços!
Julio

Daniel Rodrigues disse...

Fala Julio, beleza?

que legal que gostou.. se tem receitas legais, manda aí, parceiro. Meu e-mail é danielwalterrodrigues@gmail.com

o melhor estilo de culinária é esse: vai metendo coisa na panela sem critério, sem juizo e sem noção kkk

Abs
Daniel

Anônimo disse...

Adoramos a sua matéria! Eu e meu filho rimos muito com o lodo do pântano! Parabéns pela criatividade!
Sharon

Daniel Rodrigues disse...

Sharon, tudo bem?

Obrigado pelas palavras, o lodo do pantano foi cuspido aqui nesse blog com muito carinho e dedicação kkkk

Abs
Daniel

Anônimo disse...

a melhor coisa n é a receita, e sim como vc as explica... muito bom mano. parabens

Daniel Rodrigues disse...

Ae parceiro

Valeu, mano!! Isso é o que me incentiva a continuar escrevendo mal por aqui :-)

Abs
Daniel

Anônimo disse...

Parabens cara, eu sou uruguaio e faço essas mesmas cagadas na churrasqueira
abraço

Daniel Rodrigues disse...

E ae compana, beleza?

Bom saber que os uruguaios também erram. Agora posso fazer minhas bobagens mais tranquilo kkk

Cara, eu parto do principio que só erra quem tenta. Mais cagão do que aquele que erra, é o animal que não faz nada e ainda critica.

Se tu tentou, e errou, pode ser uruguaio, argentino ou neozelandês, tem o meu respeito.

é isso aí, mano véio. Caminhando e cantando e seguindo a canção, seja lá o que isso signifique.

Abs
Daniel

Anônimo disse...

valeu pela dica do descongelamento!! ja ia começar a cagada por ai!! ass Everaldo

Daniel Rodrigues disse...

Fala Everaldo

Pois é, sempre bom pegar umas dicas e evitar cagadas... se eu tivesse feito isso, teria batido menos cabeça kkk

Abs
Daniel

denjulio disse...

Daniel Rodrigues sou seu fã adorei a sua receita, pelo visto você bebeu tanto que seu cordeiro ficou ótimo...kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Abraços

Daniel Rodrigues disse...

E ae Denjulio, beleza?

Ah, compana... o segredo da culinária de pinguço é esse: Ou você, ou a comida: um dos dois tem que estar bão hehehehe

abs
Daniel Rodrigues

festas casamentos 15 anos formaturas aniversarios disse...

muito bom...rsss....vou fazer amanha!!!. minha confraria ja esta a 0 grau.

Daniel Rodrigues disse...

Nossa, invejei você agora...

Paletinha de cordeiro no final de semana, com cervejinha gelada... não tem igual.

Boa sorte, tomara que fique uma delícia

Abs
Daniel

obg pela visita. disse...

SUGESTÃO PARA MARINAR: QUANDO VOCÊ FOR COMPRAR NO MERCADO A PALETA OU O PERNIL DE CORDEIRO PEGUE ALGUNS SAQUINHOS DAQUELES TRANSPARENTES, ISSO MESMO DAQUELES QUE FICAM ENROLADINHOS PRA PEGAR LEGUMES, VERDURAS E/OUTROS (PEGUE OS MAIORES), POIS ASSIM PODERÁ COLOCAR EM UNS 4 SACOS DUPLOS O PERNIL OU PALETA DE CORDEIRO DESPEJANDO DENTRO TODO TEMPERO E FECHANDO O SACO PARA ESTA MIRINADA. OBS. NÃO FIQUE ACHANDO QUE VOCE ESTÁ ROUBANDO ESSES SAQUINHOS DO MEERCADO, POIS CARNE DE CORDEIRO É UMA GRANA E ELES ESTÃO GANHANDO MUITO...

Daniel Rodrigues disse...

Mandou muito bem, parceiro!! Saquinho de mercado é o que pega mesmo

Obrigado pela visita kkk

Abs
Daniel

Anônimo disse...

Olha, simplificando para não ficar com essa viadagem de marinar...rsrsrs.... Espeta o bicho, pica alecrim, joga por cima de toda a paleta, coloca sal grosso e coloca na churrasqueira. Assar com temperatura constante na brasa (sem labaredas). O ponto tem que ser passado. Antes de ficar pronto (uns 15-20 minutos) bata para tirar o sal e dar o ponto final desejado (pode colocar mais perto do fogo para dourar SEM DEIXAR QUEIMAR = virando sempre). Marinando o assador com uma ceva bem gelada durante o preparo é o melhor churrasco!!!

Daniel Rodrigues disse...

Fala compana, beleza?

po, a parte que eu mais gostei foi do churrasqueiro marinando. Adoro isso! kkkk

Mas recomendo marinar a paleta tb.. o vinho branco da um sabor muito especial a ela.

Abs
Daniel

Anônimo disse...

Ae cara parabens, engraçado seu texto.
Abraços

Daniel Rodrigues disse...

Ae, parceiro


Valeu, que bom que gostou :-)

Abs
Daniel

Jose Luiz disse...

Daniel, comprei a paleta e vou tentar fazer vamos ver como fica depois conto!
Muito bom seu blog, ta de parabéns!
Abs

Daniel Rodrigues disse...

Jose Luiz, beleza?

Boa sorte com a paleta... ela é boa por si só, não tem mto como dar errado...

Legal teu blog, gostei!!!

Abs
Daniel

Anderson Alexandre disse...

Mas essas latas que vc fala é latão né, porque senão é muito rápido ou a paleta é extremamente pequena.

Daniel Rodrigues disse...

Anderson, tudo bem?

Parceiro, estamos falando de 11 latas de cerveja. São 3 pro molho e mais 4 pra cada lado da paleta que, até onde sei, tem dois. Faz a conta aí...

Claro que depende do seu apetite, mas acho que com 11 latinhas dá pra assar a peça, não é?

Mas, se você acha que é pouco, a gente senta numa mesa de bar e tira essa diferença :-)

Abs
Daniel

Tarcisio Bonessi Junior disse...

Daniel,
Descobri seu blog hoje, procurando algumas receitas diferentes para temperar um cordeiro que vou assar no próximo final de semana...
Muito bom seu blog, do jeito que um bom churrasqueiro é, simples e honesto!
O post sobre a Paleta de Cordeiro me deu uma boa ideia para meu churrasco.
Grande abraço! Já coloquei o blog nos meus favoritos para acompanhar...

Tarcisio Bonessi Junior
Rio do Sul (SC)

Daniel Rodrigues disse...

Fala Tarcísio, tudo bem, compana?

Que bom que gostou, espero que as nossas pataquadas gastronomicas sejam úteis na cozinha da sua casa :-)

Abs
Daniel

Anônimo disse...

Gostei do seu jeito de fazer e de esplicar o carneiro na brasa !
show !
vou fazer

Daniel Rodrigues disse...

Ae parceiro

Que bom que vc curtiu. Pode confiar que essa paletinha fica nota 10!

Abs
Daniel

Anônimo disse...

Daniel vou fazer essa bagunça amanha! Ri muito com essa receita! Abraços . Posso colocar vodkaa?? Hkkkkkk Saul Campos RJ

Daniel Rodrigues disse...

Saul

hehehe.. legal, bagunça é sempre bom, falaí..

Valeu pela visita, que bom que curtiu. A casa é sua, parceiro

Abs
Daniel

Elizete disse...

muito boa sua explicação...lendo e rindo, lembrando do meu marido, ele faria isso parecido...

vou fazer amanhã, depois conto o resultado!

parabéns, já add aos favoritos vou visitar sempre!

vlw

Daniel Rodrigues disse...

Elizete, beleza?

Pode fazer, essa paletinha aí não tem como dar errada, não... Basta ter paciencia que fica tudo ótimo...

Abs
Daniel

Anônimo disse...

Esse Cara é otimo! Apenas comecei a ler e ja estou morrendo de rir.
Esse cara falou tudo o que eu sempre quis.
Otimo!

Daniel Rodrigues disse...

Fala ae parceiro!!

Legal que você gostou, fico feliz!

Tudo o que vc sempre quis? uau, 100% de aproveitamento hehehehe

Obrigado

abs
Daniel

Anônimo disse...

Daniel!
Vou fazer essa sua receita e apresenta-la aos meus amigos,um deles é medico,um é advogado,um dentista,o resto pagodeiro,jogador de futebol ou bebedor,contador de piada,será no dia primeiro de abril. ESPERO AGRADAR A GALERA.
Depois conto o resultado,quebrarei a virgindade do cordeiro.
Vilton Giglio

Daniel Rodrigues disse...

Fala Vilton, beleza, parceiro?

Cuidado aí com o que vc vai fazer com o cordeiro hein brother!! Quando a gente fala de comer o cordeiro, não tem nada a ver com virgindade kkkkkk

Pode ir na fé que esse cordeirinho fica bom, sim. Só ter paciencia e usar o temperinho de vinho que fica um espetáculo.

abs
Daniel

Anônimo disse...

Fala aí Daniel,
Tava procurando receita de cordeiro na brasa e encontrei a sua... Cara, não entendo de receitas, mas pelo seu texto, deletei as outras receitas... Você explicou do jeito que homem entende... Parabéns! Bora pra churrasqueira, rsrsrs.
Abs.
Roberto Macedo

Daniel Rodrigues disse...

Fala Roberto, beleza?

Cara, se você não entende de receita, seja bem vindo. Este é o blog que menos entende de receita em toda a internet.. kkkk

As coisas que estão escritas aqui são apenas pretexto pra uma cervejinha aqui e outra ali. se a comida fica boa, é meio na sorte mesmo kk

Bora pra churraca, parceiro!

abs
Daniel

Fernando disse...

Véi...

Tô com a peleta marinando pra começar o ritual do fogo daqui a 2 horas...

Segui a receita mas com algumas alterações...

Larguei vinho tinto seco(todo), duas cebolas salcinha, cebolinha, pimenta, oregano, azeite, e um colherão de sal (fino) na hora do assado eu descubro de terei que colocar o Sal grosso.

Vai ser um presente pro meu padrinho que tá pelas últimas e merece os agrados.

Expectitiva é grande, o o medo de fazer cagada é maior ainda...

Depois do ritual do fogo eu volto pra contar o resultado...

Belo Blog e boas dicas

Fernando/SC

Daniel Rodrigues disse...

E ae Fernando, beleza?

Valeu pelo "belo blog", mano.

Olha, vai tranquilo que vai ficar bom sim. O sal grosso não faz tanta diferença assim. Eu só acho ele mais saboroso, nada de mais.

Boa sorte pra você, e que o padrinho possa curtir como merece.

Abs
Daniel

Fernando disse...

Véi... ficou da hora...

A cada cerveja eu jogava um pouco do molho(tempero) encima da pernoca...

Fica feio pacas (verde) mas o sabor é bom d+

Acho que me tornaarei frequentados do blog...

Abs.

Fernando

Daniel Rodrigues disse...

Falae Fernando, beleza?

Uma dica pra não ficar verde é não bater no liquidificador.. Se você apenas misturar os elementos e aumentar umas horinhas de marinado, funciona igual e não fica tão feioso :-)

Valeu man

Abs
Daniel

AFC1 disse...

Oi Daniel,
Cheguei aqui com a mesma dificuldade que v. teve, ou seja, comprei uma paleta de cordeiro e não sabia como prepará-la para a churrasqueira. Agora já sei e me diverti muito com seu jeitão. Outra coisa boa é que agora posso informar para algumas pessoas, com base em fatos, a diferença entre os animais citados, pois alguns pensam que é tudo a mesma coisa.
Um abraço e parabéns.
Adilson F. Costa - Salvador-BA

Humberto Meneses disse...

Parceiro, que forma de passar sua receita hein rsrs, pior que se fosse para eu postar, usaria as mesmas palavras, ficou divertida rsrs. Só não li a parte do SAL, qual vc usou? fino ou grosso? e qto de SAL vc despejou ? Abraços

Daniel Rodrigues disse...

Fala Humberto, tudo beleza?

Cara, eu usei sai grosso mesmo. Mas pode usar o fino. Mistura tudo no tempero e manda bala, não tem erro

Valeu!!!

Abs
Daniel

Daniel Rodrigues disse...

Fala Adilson, tudo bem?

Pois é, eu mesmo tive que pesquisar as diferenças entre um bicho e outro pra poder postar aqui..

Valeu, compana!!

Abs
Daniel

carlao buava disse...

e ai brother,
blz?
estava eu a pesquisar no google sobre receita de cordeiro, pois na semana passada eu comi um churras de carneiro que naum me agradou muito, estava com um cheiro forte da porra. dava para sentir o bafo do bicho. rsrsrs.

naum sei naum, eu acho q era carneiro velho sei lá.

Ha um bom tempo atras meu cunhado fez um no forno que foi de lamber os dedos

fica uma dica: faz qq hora um cabrito assado o bagulho é bom tambem

final do ano passdo eu comprei um pernil de cabrito já temperado e assei na minha "churraca" nem meu cachorro comeu. só lambeu o osso.

abrç.

curti muito sua receita
na proxima pode me chamar q eu ajudo a temperar
e comer é claro

Anônimo disse...

Cara fiz esse tempero para o cordeiro!!!! Ficou uma delicia, roemos até o osso!!!! MUUITO BOM!! claro que fizemos na churrasqueira né!!!
Valeu

André

Daniel Rodrigues disse...

Fala André

Que legal que deu certo.. esse molhinho é matador mesmo :-)

Valeu

abs
Daniel

Piter disse...

Aí Daniel, muito legal a tua receita e a explicação... Pô essa paleta aí tu fez em janeiro de 2009 e até hj a galera tá postando... Tu deve ter feito muitas outras já ein? ahahahahah.
Cara vou fazer essa paleta pra testar nesse sábado. Pretendo fazer um costelão bovino de umas 6 ou 8 horas, mas como a fome tem mais pressa vou tentar a tua receita. Depois te conto como foi. Parabéns aí!
Abraço

Daniel Rodrigues disse...

Fala Piter, beleza?

Isso que é legal de escrever sobre comida... a noticia nao envelhece.. Certa vez, eu tentei entrar num blog sobre futebol.. Se a rodada come no domingo e eu não escrevi na segunda, perdeu playboy... Receita é diferente, não envelhece

Agora, sobre o costelão... cuidado, brow

Tanto a paleta quanto o costelão são carnes anti-apressadinhos. Aguarde o tempo necessário, ou elas ficam duras

Abração e boa sorte
Daniel

Rafael Tangerino disse...

Parabens pelas receitas, estava procurando uma receita de linguiça cuiabana e achei a sua. Vou começar a fazer daqui um pouco, aproveitando a deixa vc tem as alturas corretas da churrasqueira para grelhar e assar carne. Obrigado

Daniel Rodrigues disse...

Fala Rafael, beleza?

Cara, eu vou te falar de chute, ok? Eu acho que pra grelhar, a carne fica a uns 30cm do fogo, mais ou menos. O suficiente pra náo pegar labareda. Já pra assar, tem que ficar a uns 50 ou 60 centimetros..

Acho que é isso

Abs
Daniel

Piter disse...

E aí Daniel,
fiz a paleta. Cara, todo mundo gostou, porém acho que errei o cálculo... acho que poderia ter feito 2 paletas. Não contava com aquela cartilagem, continuação do osso, no meio.
Não importa ficou muito boa a carne e como tu disse em outro post: " Ótima carne para ganhar garotas, fazer amigos e influenciar pessoas". Já o costelão saiu depois e não ficou as 6 ou 8 que eu esperava, acabou ficando 10 horas, mas tudo tranquilo junto com a paleta saiu uns coraçõezinhos, pãozinho com alho, salsichão, e a batata assada na casquinha de sal... Bahhh foi uma maratona de rango...
Valeu pela receita meu velho a próxima vai ser a costelinha do cordeiro!
Grande abraço!

Daniel Rodrigues disse...

Falae Piter, beleza?

A paleta engana mesmo, muito bem observado da sua parte.. Você nem imagina que tenha aquele ossão debaixo da carne.. acho até que vou fazer um adendo ao post.

Pelo visto, seu churrasco foi de grandes proporções, hein!! Costelão, paleta... show!

Cara, passa essa sua receita de batata aí, fiquei curioso! Depois eu posto no blog com os seus créditos

abs
Daniel

Piter disse...

Ae Daniel, Tudo na boa !!
Cara, o churras foi muito bom, foi pra 6 pessoas e foi uma boa quantidade de horas também. Sou um cara muito chato pra costelão e acredito não ter ficado 100%, mas o pessoal gostou então deixei passar dessa vez.. hehehehe
Cara, essa história da batatinha é muito simples, não sei se chega a ser uma receita, mas aprendi, junto com meu Pai, com um xiru amigo dele. É assim.
Precisa comprar aquelas batatinhas pequenas do tamanho de ovos de galinha, aquelas que são um saco de descascar, porem não terá a necessidade de fazê-lo, vai com casca. Depois Azeitezinho de oliva, de seu gosto, orégano e sal fino.
Na hora de começarem os trabalhos espeto algumas batatinhas, todas elas enfileiradinhas, e derramo um fio de azeite de oliva por cima delas. Detalhe é preciso “engolesmar” um pouquinho as mãos. Esfrega, com as mãos, o azeite até deixar todas elas bem molhadas (cuidado com os gestos obscenos nessa hora). Coloca o sal fino em algum prato que tu possa colocar o sal nas batatas. O interessante é que fique uma camada de sal envolta delas. Com cuidado, pra não cair o sal, leve para a churrasqueira. (seguinte, não fica preocupado se não ficar uma camada de sal muito bem feita, pois nunca fica mesmo e eu acho até melhor). Aliás, as últimas vezes que fiz não foi na casca de sal fiz só no azeite, mas depois vê o que tu acha melhor. Faz com e sem e vê tua preferência.
Leva pro fogo junto com a carne e vai cuidando, o sal vai começando a escurecer, e sem o sal também, vai dourando a batata. Com um palito de dentes, nos espaços, aqueles que não ficaram bem cobertos, dá uma espetada e quando estiver bem cozidinha tira fora, joga na tábua, corta ela em pedaços, azeite de oliva por cima delas e orégano tudo a gosto do cliente hehehehe. Se for necessário coloca mais sal por cima na hora de servir, mas quando é na casca normalmente não precisa.
Quando faço um churras só entre os camaradas coloco só a carne do dia e as batatinhas, e de pé mesmo a gurizada vai garfeando a carne e a batata e vai bebendo e trovando fiado até de madrugada...
Daniel, é uma coisa bem simples de fazer, e talvez tu até já conheça, mas eu sou meio atrapalhado com as palavras e acabei escrevendo demais talvez. Essa batatinha já é bem conhecida entre meus amigos e todos gostam e até perguntam por ela.
Espero que goste também!
Grande abraço!

Daniel Rodrigues disse...

Fala Piter, beleza?

Cara, eu não conhecia essa receita não.. Achei MUITO legal, eu adoro essa batatinha pequena. Com certeza vai estar presente no meu próximo churrasco.

Vou escrever sobre elas aqui no blog, sem dúvida!

valeu mesmo

abs
Daniel

Anônimo disse...

bao !!

Cara testei tua receita ficou muito bao mas eu e meu cunhado Ricardo levamos um tempo recorde apenas 12 caixas de cerveja de garrafa, foi de quinta a domingo para poder dar conta de tanta pernoca pois cada hora ajuntava mais pessoas para a ceia da mesma... kkkkkkkkk valew cara

aaaaa esqueci tambem vamos criar um blog logo logo ai vc vai la e visita tb receitas de cunhado pra cunhado ou pode ate mesmo chamar gato chorao de Jundiai sei la mais para terminar valew

abraços Carlos Figueiredo, Jundiai, SP.

Daniel Rodrigues disse...

Fala Carlos, beleza?

Ah, que legal!!! Vai começar um blog de churrasco? Show, pode contar que eu divulgo aqui, parceiro

Sobre as paletas.. tou com vontade, viu compana.. Vou providenciar uma kkk

Abs
Daniel Rodrigues

Anônimo disse...

Falô Brother, fui pesquisar na Internet, mas o melhor mesmo é reinventar, cada um faz do seu jeito, e o melhor mesno é com vinho, porque a cerveja é para amaciar os meus pensamentos.
Abraços. César.

Daniel Rodrigues disse...

Fala César, beleza?

É isso mesmo... em culinária, ng inventa nada. O lance é aprender alguma receita, dar aquela mudada do seu jeito, mandar uma breja pra mente e bola pra frente

Valeu, parceiro!

Abs
Daniel

Anônimo disse...

Valeu pela dica, amanhã seguirei o procedimento.

Daniel Rodrigues disse...

Opa, boa sorte aí com o ranguinho

Abs
Daniel

Carlos Henrique disse...

Não sei se vou fazer tudo isso aí na primeira o tentativa mas o texto está muito divertido! :)

Valeram as dicas.

Abraços e fogo na graxa ou vice-versa.

Daniel Rodrigues disse...

Fala Carlos, beleza?

Fogo na graxa, ou graxa no fogo foi ótimo!! Já acordei rindo aqui..

Sobre a trabalheira.. é assim, dá trabalho mas vale a pena. Porém, se vc não quer mesmo ter trabalho, mete a paletinha na churraca, joga sal grosso em cima e espera o tempo necessário que fica mto bom tb..

Abs
Daniel Rodrigues

lu disse...

Daniel, adorei seu texto!! Semana que vem é meu aniversário e vou comemorar com uma paletinha!! Mas e se eu beber durante toda a marinada?? Será que sai? kkkk
queria fazer um pato tb, na churrasqueira rola?

Abraço!!

Daniel Rodrigues disse...

Oi Lu, tudo bem?

Obrigado, que bom que gostou do texto.

Eu acho que pra beber durante toda a marinada, vale a pena dar uma analisada se o figão vai aguentar firme aí.. Se ele aguentar, mete bronca :-)

Parabéns pelo aniversário, moça.

Sobre o pato.. eu nunca fiz na churrasqueira, não.. Acho que vale tomar um cuidado, porque o pato é uma carne mais forte que o frango, né? Não sei não... Em tem uma receita de galeto aqui no blog bacaninha, dá uma lida nela..

Boa sorte!

Abs
Daniel Rodrigues

Anônimo disse...

Daniel,

Muito bom e bem humorado o texto! Não é à toa que já faz sucesso há 4 anos.

O cordeirinho tá marinando naquele molho nojento desde ontem. Vamo vê se vai prestar :)

Qual a diferença entre fazer o fogo bem forte e deixar a carne no 3° andar ou um fogo nao tão forte e a carne mais baixa?

Grande abraço!
Giovani

Daniel Rodrigues disse...

Fala Giovani, tudo bem?

Valeu pelas palavras, amigo :-)

Gosto de fazer o fogo forte e deixar a carne la no alto, porque você tem um pouco mais de controle aí.. se quiser baixar a carne um pouco, pode fazê-lo.. mas é só isso.

Abs
Daniel

JF Serviços disse...

Gostei, amigão eu já asseei muitas carnes em festa diversas, só não em morte de sogras, mas carneiro, hoje vou assar pela primeira vez, e valeu, um abração doidão, sou paulista, mas como sou brancão, pareçendo um gauchão, muitos me chamam de gaúcho, e não gosto de gaúchos, principalmente se for gayúcho, mas as gaúchas, barbaridade meu eu gosto demais de uma prenda bem prendada, uma chinoca linda, aí é comigo. Trabalho como extra aos domingos e feriados na churrascaria gaúcha de Cuiabá Mt, lá me chamam de índio, mas outra ora eu conto esta piada que contei de um índio lá, um abração.

JF Serviços disse...

Valeu

Daniel Rodrigues disse...

Fala parceiro... Ah, eu faria um churrasco num enterro de sogra sim. Da minha, principalmente (brincadeira, sogrinha kkk)

Só não concordo com o lance do gaúcho. O Gaúcho é um cara igual a mim, igual a você, igual ao mineiro, ao carioca, ao paulista, ao goiano... enfim, nascemos todos sobre o mesmo céu. Mas eu sou chato com isso, sei que as pessoas tem as suas preferencias.

Sobre a churrascaria... MANDA O ENDEREÇO, COMPADRE.. Com certeza vai ter gente aqui querendo experimentar os dons do colega.. Eu, principalmente :-)

Abs
Daniel

Adriano Martins disse...

Já morei em Cuiabá.....
Almocei muitas vezes na Gaucha...
e eles faziam um Filet Mignon grelhado inteiro, e servido com alho frito e Catupiry fervendo que era um troço de bão......
Quase afoguei cá saliva agora......

Daniel Rodrigues disse...

Falae Adriano

Tenho um amigo que morou em Cuiabá.. ele sempre falou bem, principalmente da comida..

Quase afoguei com esse filet mignon.. é uma carne deliciosa pra churrasqueira tb...

Abs
Daniel

Anônimo disse...

Paleta não é a perna, é o braço.

Daniel Rodrigues disse...

Boa, parceiro (a).

Bem falado, a paleta é dianteira, e não traseira.

Abs
Daniel

Marcelo - Avaiano 100% disse...

Cara a maneira como você descreveu o processo foi muito interessante, comecei a rir sozinho sem ninguém entender nada ....

Daniel Rodrigues disse...

Valeu, Marcelão!!!!

Tou preparando uma novidade aqui, espero que continue na sintonia :-)

Abs
Daniel

Leandro Aguiar cardoso disse...

Olá, a sua receita deve ser ótima, mas qual a quantidade de temperos para um quarto de ovelha? Mais ou menos 9 kg?

Daniel Rodrigues disse...

Fala Leandro, beleza?

Eu comi um cordeiro depois que já tinha escrevido essa aqui. Então eu te dou uma dica que acho mais adequada à quantidade de ovelha que vc vai fazer.

Faz uma marinada com limão siciliano, salsa e colbinha, sal e pimenta. Deixa de um dia pro outro e manda pra churrasqueira. Fica deliciosa.

Boa sorte!

Abs
Daniel

Anônimo disse...

������ Ri litros com o seu post, tbm pesquisei pesquisei e vou fazer sua receita, com meio litro de vinho claro. Parabéns!!

Daniel Rodrigues disse...

kkkkk que bom que gostou.

Tomara que a sua perinha (sua, nao a do cordeiro) tenha ficado uma delicia.

Abs
Daniel

Julio C A Fontoura disse...

Muito bom Daniel; como os demais, procurava por uma receita e vi a tua, engraçada e direta no ponto.

Tri-abraços / Julio Fontoura

Daniel Rodrigues disse...

Fala Julio, tudo bem?

Que bom que gostou.. ando cum uma vontade louca de comer uma paleta, mas anda tão caro que fica dificil kkkk

Valeu!!

Abração
Daniel

Lia disse...

Cara, sou uma churras e tanto, adoro fazer e servir o povo, claro que só funciono com combustível (cerveja). Este fds tenho um desafio com 2 pancetas, 2 kg de contra e 2 cupins, mas vou começar pela panceta e cupim no forno e celofane pra quando o povo chegar só levar pra dourar na churrasqueira, Hammmm o contra vou fazendo em bifão largo, mal passado e cortado na diagonal que é pra ficar maciooooooooo. Alguém da visita deve trazer linguiça e frango. Amei seu Blog, salvei no favoritos e prometo passar mais vezes por aqui. Gde Abç. meio engordurado pqe tu sabe, toalha de churarsqueiro tá suja de tudo um pouco.
Lia/SP

Daniel Rodrigues disse...

Oi Lia, tudo bem?

Acho bem legal quando aparecem mulheres pilotando a churraca.. Sou meio avesso a essa coisa de clube do bolinha...

Posso te dar uma dica? Pela tua mensagem, você parece saber bem o que fazer com as carnes, manja dos paranauês mesmo.. Mas tem uma coisinha legal de fazer com o cupim, que vale a pena experimentar.

Antes de mandar pro forno, tira uns dois ou tres bifinhos finos. Isso, tira uns bifes do cupim cru mesmo.

Depois, quando o calor da churraca estiver bem forte, porém sem labaredas, coloca os bifinhos com sal, e tira ao ponto. Vai ver que delicia que fica :-)

Abração!
Daniel

André Morelli disse...

Daniel, boa a receita, e explicada de uma forma mais engraçada!
Esses dias atrás temperei um pernil de carneiro, com a ajuda do meu pai...só que a pernoca foi pro forno. Hj vou fazer a paletinha do mesmo indivíduo, hehe, só que na churrasqueira, e acho que vou ter que cometer a mesma "cagada" de descongelar no modo fast food hauhauhauhauah! Muito sucesso com seu blog, carinha. Manda bemzão!

Daniel Rodrigues disse...

Falae André, beleza?

Ah, é cagada mas no final das contas... funciona hahahaha

Valeu, man!

Abs
Daniel

Anônimo disse...

cara, li sua receita sem parar de rir... tbm sou adepto de fazer as coisas no olho e sem frescuras... vou fazer um churras forte amanhã, e so de carneiro e não vai dá outra, vou seguir sua receita e espero que fique daquele tipo... já mandei rachar o bixinho em pedaços menores e deixei as costelas e paletas para fazer inteira...

obrigado pelas dicas práticas e objetivas... abraço

Rafael

Daniel Rodrigues disse...

Falae Rafael, tudo bem?

Que legal que gostou das dicas :-)

Bom churras pra vc, mano

Abs
Daniel

TaRRaFeiRo disse...

kkkkkk. Cara, muito legal seu post. Comprei a porra da paleta óntem e nem sabia como fazer. Só sabia que queria na brasa e com uma cervejinha. Como de costume fui no pai google e seu site foi o primeiro. Fudeu! Vai assim mesmo, falei. Esse cara parece que é louco, mas entende de comida. Depois posto o resultado aqui. Já curti a página no Face e vou dar uma olhada nas outras receitas. Valeu cara! Espero que não dê merda. kkkkkk

Daniel Rodrigues disse...

Fala parceiro, beleza?

Nossa, fazia tempo que eu nao lia esse post. O mais legal de tudo é que eu literalmente esqueço as coisas que escrevo. Então, racho o bico com a minha própria imbecilidade anos depois kkkk

Tomara que a sua paleta fique como a minha: na fé e na sorte, a bicha ficou boa kkk

Abração
Daniel

Unknown disse...

Bha amigo, temperei um quarto de ovelha com suco de uns cinco limão, quatro dentes de alho, meia cebola, salcinha, cebolinha verde, azeite e temperp completo arisco.Vou azar hj a noite na virada do ano como já estou bebendo desde ontem tenho álibi se ficar uma bosta, abraço e parabéns pelo blog!!!

Daniel Rodrigues disse...

Fala parceiro

O legal de ficar bebado desde cedo é que a carne pode ficar um lixo, mas se vc ta bebum, nem sente nada kkkk

Vai ficar gostoso sim, mano. Vai na fé.

Feliz 2017, parça!

Abs
Daniel

LIGEIRÃO disse...

Boas Daniel!!!
Muito boa sua receita de cordeiro e com a melhor didática para quem é de grelha.

A partir de hoje meu tempo será calculada por brejas, por que não pensei nisso antes? rs rs rs

PARABÉNS, receita dedicada para quem é de CHURRACA e não pra quem é de MASTERCHEF!!!

GRANDE ABRAÇO

Jefferson LIGEIRÃO Pistoresi

Daniel Rodrigues disse...

Falae Ligeirao!!!!

Imagina que maneiro se algum participante do masterchef pegasse uma garrafa de vinho no mercado só pra beber enquanto cozinha kkkk sempre pensei nisso

Contar o tempo com cerveja é uma arte, parceiro :-)

Abs
Daniel

Anônimo disse...

Como faço para seguir teu blog?

Postar um comentário

Torrou a picanha? Fez a receita e não deu certo? Dúvidas, sugestões, vai encarar? Escreve aí o que quer, mas não coloca propaganda que isso aqui não é a casa da sogra.

Blog Widget by LinkWithin