Follow me on Twitter RSS FEED

Preparando um bom cupim

Nas categorias
O cupim é uma carne extremamente saborosa e macia, mas a diferença entre um bom cupim e um cupim cagado (gostei do trocadilho, junta com a fraldinha e.. xapralá) é muito tênue. É uma carne demorada de preparar e muito fácil de errar. Portanto, se você for convidado a algum churrasco e tiver cupim, tenha certeza de que o churrasqueiro sabe o que tá fazendo.

Já expliquei que o cupim fica em cima das costas do boi, o Nelore, e é cheia de gordura, certo? Na verdade, uma das mais gordurosas do boi. Pois é, mas o cupim não é como a picanha, por exemplo, que tem a gordura bem definida sobre a peça. A gordura do cupim fica entrenhada no meio da carne, junto com uns nervinhos, e se você vacilar, fica tudo uma pedra. Portanto, a palavra que me vem à cabeça é: paciência. O cupim é o primeiro que vai à churrasqueira e o último que sai. Ou seja, se você faz o tipo ansioso, ou tem hiperatividade, tome um chá de passiflora antes de começar o churrasco. 

Pra assar um cupim, você precisa de uma churraca responsa, daquelas de vários andares. Isso porque você tem que preparar a peça em duas etapas, e ambas precisam de uma certa distância do fogo. 

O primeiro passo é espetar o cupim, e enrolar naqueles celofanes de churrasco. Não sabe o que é isso? Gooooogle, parceiro. Só não mete um celofane qualquer, você não tá encapando um caderno, tá preparando uma carne e é melhor que tenha um mínimo de noção nessa cabeça. Recomendo utilizar um espeto único, como o das fotos abaixo e não daqueles duplos. 

Quando você enrola a peça de carne no celofane, é por um bom motivo, então não o faça com preguiça nem de qualquer jeito. A carne vai aquecer, a gordura do meio da carne vai derreter, e vai ficar presa no celofane. Vai aquecer junto da carne e vai ajudar a cozinhá-la. Ou seja, você vai cozinhar a carne na própria gordura dela. Sacou o espírito da coisa? Então segue os passos aí:

Taí uma peça de cupim. Na verdade, aí tem meia peça. A outra meia eu congelei.

Depois de espetada a peça, abra um bom pedaço de celofane sobre uma mesa, jogue um pouco de sal e enrole, sem deixar muita folga.

Uma vez enrolado, arrume um pedacinho de celofane ou qualquer outra coisa pra amarrar as extremidades.
Não se esqueça de que a gordura tem que ficar aí dentro, cozinhando a carne.
Não ficou lindo? Parece uma balinha 7Belo!

Agora bote o espeto no andar mais alto da churraca e deixa lá. Vai ficar ali umas 3 horas. A cada nova cerveja que você abrir, vire a carne com todo o cuidado pra não deixar o líquido escorrer. Você vai adorar quando a gordurinha começar a fazer borbulhinhas dentro do pacote. É o sinal que as coisas vão indo bem.

Não tenha pressa. Sirva toda a linguiça e contra-filé para os convidados mais afoitos, e deixe essa maravilha da natureza ficar boa por sí só. O segredo do cupim (nome de filme da tela quente, com Keanu Reeves) é justamente esse cozimento. Portanto, não tire ele daí. Não deixe esfriar. Não deixe o fogo apagar. Não economize carvão. Não deixe ele mais baixo, perto da grelha, achando que vai ficar pronto mais rápido. Não fure o celofane. Enfim, não seja besta que a carne fica boa sozinha.

Depois que se passarem pelo menos 3 horas, e dentro do celofane estiver um furdúncio já há algum tempo, é hora de abrir. Chame os bombeiros que essa parte é cruel.

Você não tem outro jeito: precisa abrir a embalagem com aquele caldo gosmento dentro. Quando fizer isso, vai cair aquela gordura toda na churraca. Se você tiver uma pia por perto, leve a peça até a pia, faça um rasguinho com a faca e abra a porra toda. Se não tiver, vai ter que ser na marra mesmo. Nesse caso, certifique-se de que não tem nenhuma outra carne nos andares de baixo do cupim. Vai cair uma avalanche de gordura e vai lavar a carne em questão, fica uma merda. Se você aguentar o calor, recomendo posicionar uma latinha de cerveja (VAZIA, HEIN) embaixo pra tentar recolher o máximo possível do caldo que vai cair. Depois você dá a latinha pro cara das batidas beber e tudo ok.

Agora você pode descer o cupim "pelado" pro andar de baixo, mas ainda a uma distância média do fogo. Tire uma lasquinha e veja se há a necessidade de sal. Se sim, pode espalhar um pouco na peça. Não preciso te falar quanto, qualquer um que já temperou uma salada sabe quanto sal colocar na comida, vá.

A melhor maneira de servir o cupim, é ir virando ele, e à medida que vira, você vai tirando as lasquinhas que ficaram mais queimadinhas. Este processo se chama "casqueirar", ou seja, você vai casqueirando a carne. Se você não errou nada nesse processo todo, fica de comer falando palavrões. Eu mesmo já soltei vários puta-que-paris pra essa carne.

Da primeira vez, recomendo fazer sozinho ou num churrasco com menos gente. Você não vai querer errar numa festa pra 30 pessoas, vai?

IPDA: marromeno 14 reais uma peça de 3kg. Mega barato.
Rendimento: não tenha como a única carne no churrasco. Imaginando que fica pronta no final, alimenta uns 6 ou 7 caboclos.
Tempo de preparo: umas 8 latinhas. Adoro essa parte!


148 comentários:

Marcelo do Pagode disse...

Che, muito fera! Sou fã de cupim e não fazia a mínima idéia de como prepará-lo. Só troco o teu "casqueirar" por lasquear :D

Grande abraço.

Daniel Rodrigues disse...

Fala pagodeiro!!

O cupim é mesmo um tesão. Só que precisa de paciência, se tirar antes ou muito depois ele fica um lixo..

Ah, casqueirar é legal, vai.. mas lasquear funciona melhor, admito.

Abração
Daniel Rodrigues

fernando disse...

o cara é bom me convidap uma dessas ai

Daniel Rodrigues disse...

Fernando

Beleza, aparece ae! hehehe

abs
Daniel Rodrigues

Mister M disse...

Buda que o bariu !!!!!!!!!Ficou um tezão ,tá certo que eu já tinha tomado 283 latinhas de skol.

Daniel Rodrigues disse...

Falou o senhor de todos os sortilégios!!

Buda bariu. Mr M mariu e o Cupim Cupiu!

É nóis mano!! E que viva a caixa de skol!!

Abs
Daniel Rodrigues

flavio disse...

esse é o melhor metodo de explicar algo

Daniel Rodrigues disse...

Flavião

Acho que não, cara. Qualquer garota que tem um poder de convencimento muito maior.hehehe

Abração
Daniel Rodrigues

Gustavo Lcci disse...

quem redigiu esse texto só pode ser uma ótima pessoa, um bom amigo e um expert na a´rea da churrasqueira, já havia feito cupim, o que ele escreveu pra mim, não tinha novidade, a não ser o carinho com que o fez.
grande abraço a todos os churrasqueiros de plantões
Gustavo Lucci

Daniel Rodrigues disse...

Fala Gustavo, beleza?

Valeu a força aí, cumpadi!! Mas eu não sou boa pessoa não, hehehehehehe


Abração a todos os churrasqueiros, isso aí!!

Abs
Daniel Rodrigues

Anônimo disse...

bá,esse churrasqueiro é foda mesmo rsrsrsr,obrigado por postar essa receita!um abração

Daniel Rodrigues disse...

Hahahaha

Valeu ae, parceiro!! Apoios como o seu que me incentivam a escrever merda aqui hehe

Abs
Daniel Rodrigues

ludiana de souza disse...

a ta loko paguei 16R$ no cupim e agora n vo faze tudo isso n vo faze na panela da pressão q vi em outra receita e pronto n to podendo n, mas o cara é da hora putz junta c a fraudinha é dose

Daniel Rodrigues disse...

Ludiana

nao entendi muito bem, mas torço pro seu cupim ficar bom.

dizem que fica bom na panela de pressão. nunca experimentei.


Abs
Daniel Rodrigues

matheus disse...

Valeu ai colega, vou tentar fazer, vai ser a primeira vez,,,,,torce pra mim ai...
blz...

Daniel Rodrigues disse...

Matheus

Vai tranquilo, é só vedar direitinho o celofane e ter paciência. O resto, a natureza cuida :-)

Boa sorte, tou torcendo aqui

Abs
Daniel Rodrigues

lilian disse...

Vou tentar fazer um cupim esse domingo,mas tenho uma duvida? a minha churrasqueira e daquelas de tampa como é que vou fazer?
Obrigada!!!!!

Daniel Rodrigues disse...

Oi Lilian, como vaii?

Bom, nunca fiz o cupim na churrasqueira de tampoa, mas eu acho que você pode fazer até sem celofane nem nada, como se faz com a costela.

Mas de qq maneira, pra não errar: enrola ela no celofane, mantem longe das chamas com a churraca aberta e tenha muita paciência, pois demora mesmo

Boa sorte!!

Abs
Daniel

Anônimo disse...

Cara eu nunca li uma coisa tão ridícula na minha vida quer fazer em gracinha em tudo tsc.. tsc.. tsc...

Boa Marcos Mion!

Quanto ao sal junto com a carne no começo se erra pra mais esquece você fudeu tudo...

Agora se você deixa ele na salmora de cerveja de um dia pro outro com mais alguns condimentos ai ele vai começa a falar verdadeiros palavrões na degustação.

Daniel Rodrigues disse...

Anonimo querido

Obrigado, mas eu não entendi nada do que você tentou escrever aí. afinal, você não gostou do que eu escrevi, foi isso?

Quanto ao sal, você tá certo. Se errar pra mais, um abraço. Joga fora e pede uma pizza.

Boa idéia essa de marinar na cerveja. Vou experimentar

Abs
Daniel

Anônimo disse...

Salve, salve parceiro! Mandou bem.

Marcelo Moreira de Fortaleza

Daniel Rodrigues disse...

Fala Marcelo, beleza?

Valeu a força ae, camarada!

Inveja de você que tá em Fortaleza. estou aqui em sp congelando

Abs
Daniel

Anônimo disse...

CHURRASCO É UMA ARTE! É PRA QUEM GOSTA DA FAMÍLIA DOS AMIGOS DE APRECIAR A VIDA. NÃO PRA QUEM SE AVENTURA, OU QUER SE APARECER SEM SABER.
VC MANDA BEM!

PARCEIRO MANDA AÍ UMA RECEITA DE COSTELA NA BRASA. FICO MUITO GRATO,

Marcelo Moreira

Anônimo disse...

Velho! acredito que aqui hoje deva está com uma sensação térmica de uns 39 a 40º, sério! Hj é um belo dia pra comer caranguejo e tomar banho na praia do futuro. Seja convidado a vim aqui, irmãozinho.

Marcelo Moreira

Daniel Rodrigues disse...

Marcelo, beleza?

Nossa, aqui está uns 11 graus. E olhe lá. Detesto isso, vejo minha churrasqueira no quintal, congelada e não posso usá-la. Não tem idéia da vontade que eu estou de preparar um costelão! hehehe

Aqui tem receita sim, dá uma olhada nas tags, ou faz uma busca que você acha várias!

Sobre a arte de fazer churrasco. Concordo, é uma arte. Mas uma arte que independe de dom, qualquer um pode aprender. O que acha?

Abs
Daniel

Juliano Marcos de Farias disse...

Grande Daniel;

Sempre fui um fã incondicional de Cupim, nunca me aventurei por achar dificil a empreitada... Achei o teu site e Fiz... CARALHO meu velho ficou de babar... A galera aqui de Floripa te saúda... Com certeza foi muito util e deliciosa... Parabéns...

Abraços.

Juliano Marcos de Farias

Daniel Rodrigues disse...

Fala Juliano, beleza?

Olha só, Floripa na área!! Que legal que o pessoal curtiu.

Aproveita e na próxima vez, joga uns dentes de alho picotados dentro do celofane. Fica de lavar a alma

Abs
Daniel

Roberval disse...

Fala aí Palmeirense!!!! Saudações Corinthianas rsrsrs.

Ficou muito bom mesmo.

Ah! O tempo de preparo é realmente oito latinhas rsrsrs

Valeu! Abraço.

Roberval Gavião Peixoto/SP

Anônimo disse...

Cara, vc disse que nao seria interessante errar um cupim numa festa com 30 pessoas. Achei interessante, pq estou no trabalho agora, saindo ás 14h e vou direto pra casa, onde vou dar uma festa e fazer o churrasco pra umas 50 pessoas! Ou seja. FU-DE-O!
Ainda bem que comprei 5 picanhas e nessa eu nao costumo errar, fora linguiça, coxinha, pao de alho e o resto todo. ;)

Mas, é isso. Boa sorte pra mim e vou seguir seu conselho. So que o tempo pra assar a peça, pra mim, sera de umas 12 latinhas. nao gosto de cerveja quente. rs

abração!

Contato: aqueiroz88@gmail.com

Daniel Rodrigues disse...

Roberval

Que legal que deu certo. O cupim é mesmo muito gostoso, né?

Aliás, depois da ponta de agulha que fiz ontem, hoje acho que vou de cupim :-)

Abs
Daniel

Daniel Rodrigues disse...

Fala Anonimo

Camarada, vai na fé que não tem erro. Veda direito o celofane, deixa no calor mas longe das labaredas e tenha paciência que esse bicho fica bom demais!!!

Boa sorte no churras pra 50 pessoas, isso aí dá trabalho pra caramba!

Abs
Daniel

Anônimo disse...

Segui tuas dicas e enrolei, apertei e cuidei com esmero da peça na churrasqueira.
Divergi apenas no tempero. Segui a receita à moda Pato Bragato, que é assim:
1 peça de cupim
80 g de sal ou 8% do peso do cupim
6 dentes de alho
1 tomate sem pele e sem semente
1 cebola média
2 folhas de louro
3 folhas de sálvia
3 ramos médios de salsa
2 talos de cebola verde
1 copo (200 ml) de vinagre branco
2 copos (400 ml) de vinho branco seco
pimenta a gosto
Bata todos os ingredientes no liquidificador e deixe de molho no mínimo 8 horas.

Ficou tão bom que desconfio até que meu paladar foi influenciado pelas propriedades alucinógenas da sálvia.
Bacana teu sitio, parabéns pela iniciativa.

Daniel Rodrigues disse...

Fala Companheiro, beleza?

Pela tua maneira de escrever, posso imaginar que estamos falando de um cupim d'além-mar, não?

E pela receita, posso imaginar que se trata de um cupim extremamente saboroso. Gostei muito disso.

Amanhã farei um churrasco de grandes proporções, para os amigos da minha filha. Olha onde eu fui me meter hehehehe..

Bom, vou preparar o seu cupim para os pequenos ogros. Já estou ansioso.

Abs
Daniel

Adriano Martins disse...

burro é uma m####...
Eu leio os comments pelo Feed...
Daí que lí esse do amigo Luso e fiquei encafifado... Ué...Desde quando o Parmerense tem "popiedadi rurá"????
Vim no site ver do que se tratava e só depois que lí a resposta consegui entender...mas demorou um pouco....
Falta carne na minha corrente sabguinea, com certeza...
kkkkkk

Daniel Rodrigues disse...

Falae Adriano

hehehehe.. mas esse lance de faltar carne é fácil de resolver.. o feriado taí, parceiro!

abs
Daniel

Anônimo disse...

Eu utilizo papel lumínio... Acho que também da pra usá-lo.

Daniel Rodrigues disse...

Fala parceiro

Sim, alumínio também resolve, sim. A diferença é que o celofane é mais eficiente. A carne fica pronta mais rápido, e você não perde NADA de líquidos, desde que feche direito.

Mas, quem não tem cão, caça co gato. Alumínio mia nessa hora :-)

Abs
Daniel

Anônimo disse...

Cara,
Foi a melhor receita de cupim que achei, a narrativa foi excelente, como nunca vi antes. Mas sem dar muitas risadas, quantas latas de coca cola terei que tomar? kkkkk parei de beber depois de inumeras burradas. Valeu irmão foi muito boa mesmo.
Vou fazer neste fim de semana.
Haroldo Gonzaga
hformagio@yahoo.com.br

Daniel Rodrigues disse...

Grande Haroldo, tudo beleza aí?

Que bom que se divertiu com a narrativa da casa :-)

Olha, se abandonaste o álcool, faça a tua alegria com a coca cola, com o guaraná. Só recomendo cuidado com a Fanta Uva, essa costuma derrubar reputações das mais viris das almas :-)

O tempo do refri é o mesmo da cerveja, se consumido com prazer e alegria.

Bem-vindo, parceiro! Faça a receita, divirta-se e vamos nessa!

Abs
Daniel

Marcos Guarujá disse...

Caro Daniel, tenho uma pequena peça de cupim ( meio quilo)para fazê-la na churrasqueira é o mesmo metodo? e o tempo? e as latinhas?

Daniel Rodrigues disse...

Fala Marcos, tudo bem?

Sim, o processo todo é o mesmo, sim. O tempo pode até ser um pouco menor, mas não precisa. Pode deixar ali umas 3 horas que ele vira uma manteiga.

Boa sorte!!

Abs
Daniel

Anônimo disse...

fala ai companheiro meu marido é um ótimo churrasqueiro,amanhã ele fazer um cupim,depois eu te digo como ficou ele vai arrasar um abraço.

Daniel Rodrigues disse...

Oi moça!

Que bacana, tomara que o cupim fique legal. É uma carne deliciosa, se feita com carinho

Abs
Daniel

Wellingthon Fidelis Starck disse...

Grande Daniel....Parabéns pela maneira atenciosa em que passou a receita...show de bola..
Mas,só podia ser Palmeirense né....hahaha...e Viva "Nóis"

Wellingthon.

Daniel Rodrigues disse...

Fala Wellington, beleza?

Pelo tom da sua mensagem, você só pode ser curintiano hehehehehe

Mas tudo bem, tem saúde e sabe escrever, né? Pra curintiano tá bom demais hehe

Bem vindo, cara. apareça mais vezes

Abs
Daniel

Anônimo disse...

vou fazer pra ver se vai dar certo ,se não der,a culpa é da churrasqueira,rsrsrsrs

Daniel Rodrigues disse...

Parceiro

Essa é a prerrogativa básica: meta a culpa na churraca e seja feliz :-)

Se ficar bom, o mérito é seu

Abs
Daniel

Fernanda Sousa disse...

gostei muito da receita...vou fazer e depois falo se errei ou acertei! valeu

Daniel Rodrigues disse...

Oi fernanda

Boa sorte, tomara que fique bacana! Só vedar direitinho com o celofane que nao tem erro

Boa sorte!

Abs
Daniel

gislene disse...

gostei da sua dica vou tentar fazer domingo promixo.vlw DANIEL

Daniel Rodrigues disse...

Gislene

Fico feliz que gostou! Experimenta, o cupim fica mesmo uma delícia...

Boa sorte, depois conta como ficou!

Abs
Daniel

Gilson Macedo disse...

Grande Daniel! Parabéns pela vitória do Verdão ontem!
Meu Mengão tb tá detonando...

Agora, falando de coisas sérias, eu faço o cupim com uma receita que aprendi no programa de uma certa jovem de outrora cheia de Botox etc etc etc.

Eu duvidei e fiz, e sou idolatrado até hoje. Realmente fica de se comer aos palavrões.

A única coisa diferente em relação à sua é que se usa sal fino. Enche-se a mão (que deve estar seca, ou seja, larga-se a lata de cerveja e seca-se a mão na roupa - a mulher adora essa parte) com sal fino comum e passa-sa na carne toda, tal qual reboco na parede. De resto, exatamente igual à sua.

Uma vez fiz um de 3 kg e o esqueci na churrasqueira. Dezoito horas depois... Acredite se quiser, ficou SHOW!

Tudo bem que quase enfartei quando me dei conta que havia esquecido no fogo... sorte que a gordura não saiu!

Daniel Rodrigues disse...

Fala Gilson

a apresentadora matinal, jovem de outrora bem outrora às vezes acerta a mão sim. Principalmente quando lê o Gato na Grelha HAHAHAHAHA.

Boa idéia essa do sal fino. Eu tenho em casa um moedor de sal grosso, igual àqueles de pimenta, só que de sal grosso. Na próxima, vou experimentar assim...

O cupim é demais mesmo, né? Se ele não perder a gordura, fica sensacional. Só não pode deixar secar, aí vira uma borracha.

Abs
Daniel

Anônimo disse...

Grande mestre Daniel...
Hoje é o grande dia, tou preparando para assar a Bixinho... vou seguir seus ensinamentos e lá pela uma hora vamos estar no melhor momento do dia. obs: Sou doas antigas nos temperos.. gosto de carne+sal+cerveja+certanejo... o resto é frescura.. ehehhe

Abraço
Junior Xavier

Daniel Rodrigues disse...

Fala Junior, beleza?

Po, vi a sua mensagem agora, bem na hora que o cupimzim deve estar ficando pronto...

Tomara que tenha dado certo, parceiro!

abs
Daniel, com inveja do cupim alheio

Anônimo disse...

Beleza Daniel! Um cupim macio é muito bom!!So tive uma dúvida, pois li um artigo em que o camarada disse que precisa enrolar o cupim com 6 voltas nesse papel celofane pra churrasco! Que budega é essa? Quantas voltas em torno da carne espetada?, uma, duas, trez... Sou um camarada que gosto de fazer as coisas da melhor forma possível, muitos dizem ser perfeccionismo, mas quanto melhor, melhor, ok! um abraço!

Daniel Rodrigues disse...

Fala compana

Seguinte, esse negócio de enrolar 6x é bobagem. O lance mesmo é estar bem fechado. se tiver fechado, já era.

Pra ficar mais fácil de vedar, é melhor não estar espetado. Embora eu tenha explicado diferente no post. Enfim, funciona do mesmo jeito, mas se você não tem a manha, faz sem espeto.

Boa sorte ae!!!

Abs
Daniel

Felipe Santos disse...

ôpaaaaa!!!! Maravilha de Cupim... Já fiz uma vez e ficou bão, tava numa "churraca" de responsa, amanhã vou arriscar de novo, só que dessa vez numa dessas "churraquetas" de alpendre, será que vai dar certo?

Abraços! Tilips - Itabira/MG

Daniel Rodrigues disse...

E ae compana, beleza?

A, dá certo sim.. Só ficar quente e não deixar pegar labareda que funciona sim.. eu já fiz cupim até em churrasqueira eletrica kkkk

Abs
Daniel

Fabio disse...

Parceiro, valeu pela receita.

Vou testar esse fds e te falo o resultado.

A única coisa que vou acrescentar à receita é manteiga, vou deixar pegando o gosto de um dia para o outro.

Daniel Rodrigues disse...

Fabio, parceiro...

Vou te contar uma coisa.. eu acho, repito, acho que a manteiga deixaria o cupim muito engordurado. Já é uma carne gordurosa, pensa nisso..

Geralmente, eu jogo um gole de cerveja na hora de fechar o celofane. Fica legal, viu..

Depois me conta como ficou, beleza?

Abs
Daniel

Anônimo disse...

fera em...vou fazer hoje...acredito que vai ficar maravilhosa! abraço aos churras de plantão!

Daniel Rodrigues disse...

Fala Parceiro, beleza?

Cara, posso garantir: é só dar um jeito de vedar bem o celofane, que fica maravilhosa sim. O segredo taí: tempo na churraca e colefane fechado.

Boa sorte, tomara que seu cupim fique tão bom quanto a vontade que eu estou de meter os dentes em um :-)

Abs
Daniel

Anônimo disse...

Grande receita, adoro cupim, nunca fiz desse jeito, mas os seus comentários foram ótimos...dei muitas risadas.....Eu faço as vezes marinando no vinho branco seco, um pouco de pressão e forno....ou churrasqueira depois, pode ser inteiro ou fatiado para os mais apressadinhos..... Valeu
Alexandre

Daniel Rodrigues disse...

Alexandre, tudo bem?

Que bom que gostou da maneira porca como eu escrevo as receitas aqui.. fico feliz :-)

Essa de marinar no vinho branco é uma boa idéia, deve ficar legal sim... Estou me preparando pra fazer um cupim de forno, acho que vou usar essa sua idéia de fazer no vinho branco..

Valeu compana!

Abs
Daniel

Anônimo disse...

Cara, voce tem talento.
Pra churrasqueiro, vou opinar depois que fizer o meu cupim domingo.
Pra escrever, cara achei o máximo, você tem um texto muito divertido.

grande abraço.

Henrique

Daniel Rodrigues disse...

Fala Henrique

Obrigado, parceiro!!

Que bom que se divertiu lendo. Não imagina o quanto eu me divirto escrevendo aqui!! hehehe

Valeu! Vai na fé que o cupim fica bom também hehehe

Abs
Daniel

Guilherme Rabelo disse...

Heheeh nunca foi tao engracado ler uma receita..rs...Parece um episodio de Family Guy...rsrs
Já imaginou essa linguagem espirituosa num programa daqueles de culinária...rsrsrs... Parabéns!

Daniel Rodrigues disse...

Falae Guilherme, tudo bem?

Legal que vc curtiu. Fico feliz de saber que as pessoas se divertem lendo isso tanto quanto eu me divirto escrevendo.

Valeu cara

Abs
Daniel

Anônimo disse...

ola, acabei de ler a sua receita de cupim e gostaria de saber se dar para fazer com o papel celofane no forno bem baixinho,meu marido quer inventar moda mas adorei sua receita,pena vc ser palmerense, pois nosso fluzão esta ai batendo na porta...tchau mariana viana

Daniel Rodrigues disse...

Oi Mariana, tudo bem?

Diante do atual cenário futebolístico do meu time, vou desconsiderar a parte do seu comentário que corresponde ao esporte bretão, ok?

sobre o cupim, dá pra fazer no forno sim, sem problemas... Mas deixe o forno beeeem baixo, senão ele seca! Pra ajudar, antes de fechar o celofane, de uma golada de cerveja... Uma em você e outra no cupim. Fica ótimo!

Boa sorte, tomara que o maridão curta a receita!

Bjo
Daniel

Anônimo disse...

Ola, fiz o cupim ficou maravilhoso,acredito que com a cerveja teria ficado melhor ainda, mas aprendi que não se pode deixar muito tempo no fogo eu deixei tres horas e ele ressecou um pouco, mas recebi elogios, o molho entao ficou de lamber os dedos e olha que não gosto de molho em carne...obrigada pela receita.Mariana

Daniel Rodrigues disse...

Oi Mariana, tudo bem?

Olha, se o cupim ficou seco, é porque o celofane não ficou bem fechado... O que não estraga a carne, mesmo, mas ele tem que ficar até meio cremoso, quando chega ao ponto...

Na próxima, tenta fechar melhor, você vai sentir a diferença..

Abs
Daniel

Anônimo disse...

oi tudo em ordem? Sou Deymakson da Paraíba.

Adorei a receita e a forma espontânea q vc nos ensina. Show de bola.
Só tenho uma dúvida: existe alguma forma mais rápida de prepará-la ou sempre vai demorar em torno das 3 horas?

Abraços!

Daniel Rodrigues disse...

Fala Deymakson, tudo beleza aí na Paraíba?

Que bom que curtiu a maneira como ensino as receitas.. Fico feliz, obrigado!

Bom, tem outras tecnicas sim, mas todas elas vão alterar o sabor do cupim.. Aí cabe a você decidir o que acha melhor fazer.

Uma delas é embalar no celofane e colocar no forno baixo. Diminui esse tempo de calor de 3 pra umas 2 horas. Não ajuda muito, pra falar bem a real.

Outra é colocar numa panela de pressão, com água, uma lata de cerveja e um tablete de caldo de carne. Depois de uns 40 minutos, tira tudo e bota na churraca. Fica gostoso tb, mas muda bastante o gosto do cupim..

Boa sorte, parceiro

Abs
Daniel

Felipe Chiesa disse...

Bom dia Daniel!

Parabéns por sua didática e gostaria de solucionar uma dúvida, quantas voltas na carne você dá com o celofane?

Desde já agradeço sua atenção e desejo-lhe um feliz 2012!

Forte abraço!

Daniel Rodrigues disse...

Felipe, tudo bem?

Obrigado, espero poder ajudá-lo!

Olha, eu costumo dar de duas a tres voltas na carne.. Não precisa de mais que isso, e se não fechar direito, não faz a panelinha de pressão dentro do celofane, que é o que interessa mesmo

Abs e Feliz 2012 pra vc tb
Daniel

Anônimo disse...

Sou eu da Paraíba novamente. Aqui tá tudo em ordem (fora o calor neh? rsrs).
Bom queria saber como temperar a asa e o peito de frango para um churras amanhã (pode ser algo simples).

Adoro a parte em que vc fala do tempo de preparo nas receitas, quase morro de rir. hehe

Desde já obrigado!

Daniel Rodrigues disse...

Fala parceiro, beleza?

Inveja de você que tá aí no calor.. aqui em sao paulo tá chovendo em pleno 31 de dezembro kkk

Bom, aqui no blog mesmo tem algumas receitas de frango.. O peito eu não gosto muito, mas tempero de frango serve pra qq pedaço do bicho, né?

eu gosto muito de temperar o frango com mostarda preta e mais alguns temperinhos.. Mas dá uma navegada pelo blog, tem vários temperos diferentes, vc acha um que te agrade..

Boa sorte, depois conta se ficou legal

Abs
Daniel Rodrigues

Anônimo disse...

Saudações a todos!
Segui o passo a passo, até pq não fazia ideia nenhuma de como preparar o cupim e deu certo!
Show de bola !!! Obrigado

Daniel Rodrigues disse...

Ow, parceiro

Que bom que deu tudo certo por aí!

Abs
Daniel

Carol disse...

Oi Daniel... Vim aqui relatar que meu cupim..rs... deu muito certo, fez um sucesso, corri o risco e fiz num churrasco para umas 30 pessoas, isso é que é ter certeza que daria certo né.. Valeu pela dica!

Carol

Daniel Rodrigues disse...

Oi Carol, como vai?

caramba, garota, que coragem hein!!!

parabéns, que bom que deu certo. O cupim é uma carne super dificil mesmo.

Abs
Daniel

Murta disse...

É meu amigo fiz o cupim hoje, churrasco pra galera e tinha gente que nao comia cupim pois era uma carne dura...
Mandei 4hs de fogo meia peça...
Já tem gente querendo saber que dia que tem mais e como que fiz.
Indiquei a "bibliografia" e agradeço a dismistificação do corte.
Grande abraço
Murta

Daniel Rodrigues disse...

Fala Murta!!!

Valeu pelas indicações, parceiro!!

O cupim é mesmo uma delicia, mas pra fazer tem que ter paciencia... qualquer coisa menos do que 4 horas no fogo e a peça fica ruim mesmo

Abs
Daniel

Anônimo disse...

Grande Daniel!!!
Cara adorei seu metodo e explicações... Nunca tinha feito um CUpim e confesso que estava com medo de não dar certo.. BOBAGEM!!! Ficou um TESÃO!!!??.. Obrigado pelas dicas.

Abs,

Sidnei

Daniel Rodrigues disse...

Falae Sidnei!!!

Que beleza!!!! Carnavalzão rolando e todo mundo com o dente do cupim do Sidnei kkkk

Brincadeira!! Que bom que o cupim ficou legal.. Eu disse, é só ter paciencia que o bicho fica bom

Valeu

Abs
Daniel

Anônimo disse...

Posso usar papel aluminio no lugar do celofane ?

Werner Junior disse...

Camarada, fiz o cumpim hoje, que delícia! Fiz sucesso com a carne, todos elogiaram! Muito obrigado!

Daniel Rodrigues disse...

Anonimo, querido

Seguinte.. Se você embrulhar direitinho, pode. Mas o celofane é infinitamente superior.

O que acontece com o aluminio é que, como ele não veda, a carne pede líquidos, que acabam por evaporar, secando a carne.

Recomendo o celofane mesmo, viu..

Abs
Daniel

Daniel Rodrigues disse...

Fala Werner, beleza?

Poxa, quando eu era criança, tinha um amigo da escola chamado Werner.

Que legal que o seu cupim fez sucesso.. essa carne é mesmo uma delícia, né? Se tiver paciência suficiente, fica um espetáculo mesmo..

Obrigado!!

Abs
Daniel

Anônimo disse...

Fala Daniel,
cara Fod... Minha esposa esta nesse momento convidando umas 30 pessoas para come r meu cupim.... E ai tenho uma peça só da? SOCORRO!!!!
Abs
Sidnei

Daniel Rodrigues disse...

Fala Sidnei, beleza?

Compana, uma peça de carne pra 30 pessoas não dá não... Se vc tiver outras carnes (e, em se tratando de uma carne que demora pacas pra ficar pronta), dá sim.

Mas tenha mais que uma peça, apenas.

Boa sorte aí! :-)

Abs
Daniel

Fabio disse...

2 dicas que eu dou como bom churrasqueiro desde meus 8 anos de idade...hoje eu tenho 30 e uns rsrs.

1º - Cupim bom é o cupim que tem bastante gordura. O cupim é uma carne como a costela, quanto mais gordura tiver mais macia e suculenta fica a carne.

2º - Para que o cupim fique com um temperinho suave, isso mesmo eu disse "SUAVE" (afinal sou contra colocar temperos em carne de churrasco). Afinal churras é só sal e ponto final. Deixa o cupim da noite para o dia marinando com salsinha bem picada uns 3 punhados e tempero pronto arisco. Se for uma peça de 3 a 4 kilos pode por um pote inteiro (não vai salgar a carne relaxa). No dia seguinte tire o tempero e faça o mesmo procedimento descrito no blog exceto que não se deve colocar o sal grosso este vai por ultimo quando o cupim já estiver pronto. quando for dourar na grelha salpique um pouquinho se sal e bom apetite. Terá um cupim melhor do que qualquer outro que já comeu em qualquer outra churrascaria granfina.

Daniel Rodrigues disse...

Fala Fábio, como vai?

Po, que dicas preciosas, cara!!!

Eu sempre procurei aquele cupim mais "marmorizado", aquele que vc ve os risquinhos de gordura nele. Agora vc realmente confirmou que é isso mesmo que tem que fazer.

Sobre o tempero, eu juro que não entendi onde entra a salsicha nessa história, com o perdão do trocadilho kkkkkkk

Mas parece legal esse tempero aí.. vou experimentar.

Valeu pelas dicas, parceiro

abs
Daniel

Daniel Bastos disse...

Daniel, mto boa a dica! Preparei um na semana passada (Sem as dicas) e o cupim ficou duro... amanhã é o dia da vingança, com suas dicas! hahahaahahha! Deixa eu te perguntar.. será que eu posso colocar na grelha ao invés de usar o espeto? Pq o "projeto inteligente" da churrasqueira do prédio não previu que deveria haver suporte para o espeto do outro lado... Abraços e parabéns pelo blog!

Daniel Rodrigues disse...

Fala Xará, beleza?

Olha, na verdade, se você fizer na grelha fica muit mais fácil de acertar. Nessa receita da foto, eu ainda usava o espeto, depois aboli a idéia e agora faço sempre na grelha mesmo.

O segredo é fechar a embalagem bem forte, pra não deixar escapar o vapor de lá de dentro quando a coisa estiver fervendo..

Boa sorte com a vingança kkkk

Abs
Daniel

Daniel Bastos disse...

Então... hj fiz o malvado, o tempero ficou bom, usei sal grosso e alho. Dei umas 6 voltas no celofane e prendi bem as pontas. Coloquei na grelha, a uns 90 cm do fogo e ele ficou lá por 4 horas. Eu virava de meia em meia hora. Contudo ele não ficou do jeito q eu queria, ficou um pouco seco e não consegui casquerar. Ele até dissolveu, mas não estava molhadinho. Será que eu deixei mto tempo? Será q o cupim era de qualidade ruim? Não consegui deixar mais alto.

Daniel Rodrigues disse...

Falae Daniel!!

Bom, provavelmente vc deixou o vapor escapar com essa coisa de virar. não precisa virar, não...

Pq o vapor nada mais é do que a água do bicho, dentro da embalagem.. Se vc deixar escapar, seca mesmo..

Na próxima vez, não precisa de 6 voltas, não.. Umas 3 ou 4, fecha mto bem as pontas e deixa ele quieto..

O tempo se conta por 3 horas + 1 hora por Kg.

abs
Daniel

cliceu_f@bol.com.br disse...

VOU TENTAR SE DER MERDA EU DIGO QUEM ENSINOU. ABRAÇO, CLICEU FERREIRA

Daniel Rodrigues disse...

Fala Cliceu, beleza?

Fica tranquilo. Se você disser que fui eu, eu meto a culpa em alguém..

Mas nao tem erro, essa aí dá certo. o segredo é cuidar do celofane e ter paciencia

Abs
Daniel

Anônimo disse...

sei q e bom mesmo. pena q acordamos tarde p fazer ( e q fazemos o fogo em familia - com meus filhos)
se quiser fazer um cupim tipo aperitivo em 5 minutos e so cortar um cupim nao magro em bifes finos e pedir ao açougueiro passar no batedouro de bifes mais de uma vez. assa no fogo bem alto, na grelha ou na chapa e serve fatiado com farinha.
tempo: uma lata p fazer e outra p comer

Daniel Rodrigues disse...

Fala parceiro, beleza?

Excelente dica!! Ja tinha experimentado ele nesse esquema de bifinho, é realmente gostoso, mas acho que bater como bife antes é certeza de maciez..

Valeu, vou experimentar com certeza :-)

Abs
Daniel

Unknown disse...

ae brother

vou preparar esse cupim amanhã...acabei de chegar das compras....vamos ver como vai rolar esse cupim!

abssss
Wagner

Daniel Rodrigues disse...

E ae Wagner, tudo bem?

Mano.... keep calm and vai cupim que a coisa fica boa.

Boa sorte, parceiro!

Abs
Daniel

Marcelo Marques disse...

Daniel, parabéns pelo seu post. Sou muito fã de cupim. Fiz o bichinho para a ceia de final de ano só que o assei no forno convencional, não quis encarar a churraca... O pessoal gostou bastante e não sobrou nada pro almoço de ano novo, mas ele ficou um pouquinho ressecadinho, não ficou tenro como eu queria, ainda que tenha ficado macio. Acredito que o forno o tenha deixado ressecado, a embalagem ficou bem fechadinha, não saiu nem um vaporzinho. Da próxima vez eu quero fazer na churraca, acho q vai ficar como eu quero; se for fazer no forno, vou deixá-lo menos tempo. Valeu pelas dicas!

Daniel Rodrigues disse...

Marcelo, tudo bem?

Geralmente, alguns fatores fazem com que o cupim resseque..

Um deles é o vazamento. Se não vazou nada, deixemos essa de lado.

Outra é a temperatura, pode ter ficado alta demais. O cupim tem de ser assado bem devagar, em temperatura baixa..

Pra facilitar, eu sempre mando um gole de cerveja dentro do celofane.. É certeza que fica molhadinho.

Abs
Daniel

Marcelo Marques disse...

Daniel, tudo bem sim, e você? Eu coloquei na temperatura mais baixa... O que eu acho que o ressecou é que eu o temperei com o tempero pronto, salgado, mais vinagre, limão e cerveja, e ficou a noite toda até o meio dia seguinte. Isso só já o desidratou... Aí ficou umas quatro horas de forno no fogo baixo. Concluindo, acho que menos tempo no forno ou se o fizer na churraca vai ficar show. Valeu de novo... Abraço.

Daniel Rodrigues disse...

Marcelo, beleza?

Cara, eu acho que esse limão, somado ao vinagre, deve ter destruido a gordura da carne durante a marinada.. Mas não sei.

Acho que na churraca ficaria mais legal mesmo. Po, manda essa receita aí, pareceu bem saboroso..

Abs
Daniel

Marcelo Marques disse...

Então, eu fiz um misto do que eu vi de comentários aqui mesmo! kkkkk... Peguei uns comentários de quem fez e falou que ficou bom... Peguei as suas dicas e embalei direitinho pra não sair nenhum vapor; pra temperar usei o tempero pronto completo (Arisco - só não pode usar o pote inteiro, como dito, porque senão fica muito salgado; eu usei metade em uma peça de 2,5 kg e ficou salgadinho); espremi um limão e meio, um pouco de vinagre (nem meio copo) e uma lata de cerveja; uma folha de salsa, uma cebolinha e umas duas de louro. Furei a carne, reguei-a com esse tempero e deixei marinando... O gosto ficou bom sim, foi bem avaliado (hehehe)... mas da próxima vez eu vou fazer como da sua receita, só no sal grosso, alho e cebola. Fica mais a minha cara! Valeu de novo!

Daniel Rodrigues disse...

Caramba, Marcelo

Deve ter ficado bom mesmo, cara.. Deu água na boca aqui.

Vou experimentar, sem dúvida.

Uma legítima receita de catadão do blog kkkk

Valeu man

Abs
Daniel Rodrigues

Anônimo disse...

cara vc é um idiota,

Daniel Rodrigues disse...

Mesmo?

foda-se

abs
daniel

vinicius disse...

Jovem me diz uma coisa, consegui uma peça de cupim finalmente, foi um parto pra achar, tu acha que pode ir enrolado em papel alumínio (com certa folga pra gordura cozinhar) e ir preso na grelha??? Abraço pro amigo.

Daniel Rodrigues disse...

Vinicius, td bem?

Pode ser que de certo sim... Tem que fechar bem, a idéia é que ele cozinhe no próprio vapor.

Depois conta se deu certo

Boa sorte, man

Abs
Daniel

Anônimo disse...

Maurício disse : - meu irmão! fiz pra rapaziada aqui do RIO e ficou tão bom que nem cachorro comeu, só a cachorrada que bebe cerveja. valeu a dica . realmente é de falar palavrão a cada mordida. abraço.

Daniel Rodrigues disse...

Fala Mauricio, beleza?

Que bom que deu certo... comecei a ler o seu comentário e vc falou que nem o cachorro comeu. Achei que tinha ficado ruim e ia levar uma bronca agora kkkk

Abs
Daniel

JR disse...

Fala ai Daniel.
Cara, você deve gostar muito de tudo isso, nunca vi alguém com tanta disposição pra responder a todos os comentários. Estou com uma peça grande de cupim aqui e vou me arriscar também, más acho que o tempo de preparo vai de no minimo umas 38 latinhas....kkkkkk grande abraço.

Daniel Rodrigues disse...

Falae JR, beleza?

Cara, são dois fatores.. O primeiro é que eu gosto mesmo de churrasco. E o segundo é que eu gosto muito desse blog, da interação que temos aqui.. Se você notar, vai encontrar dicas até melhores do que as dos posts, nos comentários da galera. Fiz bons amigos aqui, gente que nem conheço pessoalmente, mas que está sempre em contato.. Isso é legal, faz tudo valer a pena.

Valeu, seja bem-vindo, parceiro :-)

Abs
Daniel

Anônimo disse...

Daniel, Bom Dia.
primeiramente devo dizer que já fiz Cupim na panela de pressão (achei que ficou sem gosto e aguado) e já fiz também no papel alumínio (achei que ficou seco) após ler a sua receita resolvi tentar, confesso que não segui a risca, pois já tinha convidado mais de trinta pessoas e não bebo cerveja, somente Wisky com água de coco, mas vamos ao que interessa, coloquei conforme instruções e no finalzinho não sei se por deixado demais no fogo ou se eu bati alguma coisa no celofane acontece que o líquido secou e o celofane deu uma queimada, por sorte eu consegui tirar ele antes de acabar com o Cupim, tirei ele e a carne já estava cozida e começando a ressecar nem precisou deixar muito no fogo para começar a lasquear, da próxima vez tomarei mais cuidado mais vc está de parabéns pela receita e a forma didática de ensinar coloque mais receitas. Ps. Para aproveitar o fogo e o celofane coloquei também uma costela de ripa e aconteceu exatamente como descrito, pena que só foi uma ripa, da próxima vez colocarei ela inteira.

Abraços. Ronaldo - Brasília

Daniel Rodrigues disse...

Fala Ronaldo, tudo bem?

Pelo seu descritivo, eu acho que o celofane não ficou muito vedado.. Nos dois casos, o que parece é que o celofane não ficou vedado, aí não faz pressão e a água evapora. Aí a peça seca mesmo e chega bem perto de ficar ruim.

Uma dica legal pro cupim, quando ele seca, é cortar bem fininho e colocar na grelha. Aí você deixa ficar bem passadinho e corta em pedaços pequenos. Já fiz isso aí até na frigideira e funcionou legal..

Feliz 2015, parceiro!!

Abs
Daniel

Gabriel Chagas disse...

Gostei da receita!
com papel aluminio da certo?

Daniel Rodrigues disse...

Fala Gabriel, tudo bem?

Acho que sim, parceiro. Mas você tem que fechar bem. O segredo do celofane é que ele veda a carne e não deixa os líquidos evaporarem. No alumínio, acho que evapora sim. Tem que fechar bem.

Abs
Daniel

Angela disse...

Oi! Amanhã meu marido vai fazer cupim na brasa. Temperei a carne com alho e condimentos agora a noite. Só não botei sal pq ele comprou sal grosso e fiquei com medo de salgar. Não vi vc falando em alho em lugar nenhum... Tomara que de certo o que vamos fazer! Obrigada pelas dicas!!!

Daniel Rodrigues disse...

Oi, tudo bem?

Verdade, eu não falei em alho... Mas pode colocar sim, sem dó. Ibclusive, alho com cupim funciona perfeitamente...

Boa sorte. Só que toma cuidado com o sal, é bom colocar na marinada sim. Como é uma carne densa, pode ser que não pegue tão bem.

Abs
Daniel

Matheus Majeski disse...

Bom dia daniel!

Será que da pra fazer naquela ''televisão de cachorro'' ? hahahahaha...
Grande abraço.

Daniel Rodrigues disse...

Fala Matheus, tudo bem?

Dá sim, certeza. Mas ainda assim, acho que não dá pra fugir do papel alumínio ou celofane..

Abs
Daniel

Alexandre Carlos Aguiar disse...

Opa, estava procurando uma receita e achei esta sua, que parece formidável. Cupim é uma carne nobre e saborosa, que merece ser tratada com respeito. Vou testar com uma peça menor e depois assistir meu Avaí na Ressacada. hehehe. Abraços

Daniel Rodrigues disse...

Grande Avaí, Alexandre!!!!

Tem uma outra maneira de fazer que é bem legal.. Corta a peça em cortes finos e faz na churraca mesmo... Fica bem legal

Abs
Daniel

LEONARDO disse...

Em Goiás e no interior de Minas e SP eles fazem o cupim no espeto, assado em fatias finas, servido bem passado também. Fica bom demais. Acho que é dessa maneira como vc tá descrevendo. Vou tentar colocar umas imagens dele depois de pronto:

http://www.churrascariazebu.com.br/carnes/24/cupim-fatiado
https://encrypted-tbn2.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcTpUdE5PQYHrzL4yekaDpbpstBqG_3cSG_QBbXIjx4_mb6WKSq14KQ-qnuS8A

Essa churrascaria de Uberaba serve o cupim pré cozido, o fatiado e o defumado... Tem fotos no site.

https://encrypted-tbn3.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcT4Ax7N2_YAU8e4KKMKXZujaeUfL0C-v3fA_Gmim_BC5SJMLnUWzDcQnVi2


http://1.bp.blogspot.com/_c4ILJ1vwdO4/TBLhdFUDdjI/AAAAAAAAAM4/icN4Cj_KYRs/s1600/Birigui+IX.jpg

Reparem que a textura da carne depois de pronta fica bem diferente, pois não tem mais aquele aspecto de carne cozida,desfiando. Se a carne for boa, não fica nem de longe borrachudo. Nas churrascarias lá eles chamam de cupim fatiado pra diferenciar do outro, que pelo que entendi é pré cozido em panela de pressão ou nesse processo de celofane ou papel alumínio antes de ir pra chirrasqueira, além de ser assado inteiro, enquanto o outro é assado em fatias. Em rodízio por lá costumam servir os dois. Claro que só de olhar no espeto se vê a diferença, pois um vem a bola no espeto pra tirar as lascas e o outro vem as fatias. Alguns oferecem o cupim defumado ou maturado tbm. Mas o mais comum por lá nas churrascarias a la carte e em espetinhos de rua mesmo em qualquer cidade do interior é do tipo "fatiado", que não é não pré cozido.

Sou de Goiás, mas moro em Manaus desde pequeno, e aqui só de faz o cupim pré cozido. E muito mal feito, por sinal. Em churrascaria, é jogar $ fora, não tem gosto de nada, parece um cozido de panela sem tempero. Não sabem fazer mesmo, só fazem em rodízio pra dizer que tem. Casas a la carte, por exemplo, nem trabalham com o corte. Levei um povo daqui em uma churrascaria em Goiânia pra experimentar o tal do cupim 100 dizia que comia quando era criança e era muito melhor... Aqui não tem nenhuma churrascaria que sirva assim, nunca tinham visto. Gamaram no trem. Agora vou ter que dar um jeito de fazer isso aqui.... Acho até que ser mais fácil e bem mais rápido que o outro, não?

Daniel Rodrigues disse...

Falae Leonardo, tudo beleza?

Cara, em primeiro lugar, obrigado pela quantidade de informação que colocou aqui. Agradeço :-)

Man, o cupim é uma carne muito versátil. Demorei muito tempo pra entender como o cupim funciona, antes eu achava que a única maneira era essa do celofane.

Acho que o principal a ser compreendido é o seguinte: a carne do cupim, em si, não é tão tão tão saborosa. Quem tem o sabor mesmo é a gordura. Só que a gordura é dura, então o segredo é extrair o gostoso da gordura usando ao mesmo tempo a textura fabulosa da carne.

Então, você pode colocar a carne na pressão pra amaciar. Mas saiba que a gordura vai derreter e virar caldo. Então, tempera esse caldo, que vc mantem a carne saborosa. Uma cebola junto com ela na pressão, por exemplo. Depois vc pode mandar pra churraca, comer assim mesmo, tanto faz.

Uma maneira muito legal que eu fiz o cupim é até surpreendente: corta o cupim cru em fatias finas (tipo bife mesmo) e põe na churraca quente, ou frita na chapa. Fica muito bom também.

Estive conversando com um dono de lanchonete aqui em SP, e o cara deu uma dica super legal. Hamburger é 80% carne e 20% gordura, não é? Então, o cupim tem mais ou menos essa composição, não tem? Então mói ele e monta seu hamburger assim. Não experimentei, mas deve ficar uma delicia mesmo.

Enfim, a gente vai vivendo e aprendendo kkk

Abs
Daniel

Tiago Felipe disse...

Chato pra caralho hein! Aff!

Daniel Rodrigues disse...

Tiago, #tamojunto, parceiro

Abs
Daniel

Sala B15 Tec. Enfermagem disse...

tá com pressa espera a azinha. kkk churras na laje...

Ronaldo Jesus disse...

Daniel Rodrigues muito obrigado pelas dicas, segui todos os passos e o resultado final ficou lindo e muito saboroso, e diferença é que eu não fiz em uma churrasqueira e sim em uma lata de tinta ficou perfeito e super macio (derretendo) obrigado!!!

Daniel Rodrigues disse...

Que beleza, Ronaldo!!

Nao importa se é na churrasqueira, lata de tinta, roda de carroça ou qq lugar.. Se tem calor, é só meter a carne e boa!!

Valeu man
Abs
Daniel

Daniele Stefanelli disse...

Adorei o texto! Muito bom,obrigada pelas dicas.

Daniel Rodrigues disse...

Oi Daniele, tudo bem?

Obrigado! Espero que o seu cupim tenha ficado bom :-)

Abs
Daniel

Lais v. disse...

Hahhahaha amei suas dicas, sempre faço os churras daqui ( sou a menininha da churrasqueira rsrs) mas confesso que sempre tive medo de tentar o cupim pq ja comi cupins horriveis de duro, mas amanha tentarei desse modo ai. Thank u pelas dicas rsss

Daniel Rodrigues disse...

Oi Lais, tudo bem?

Ah, menina do churrasco é sempre uma menina corajosa. Ou tem um namorado preguiçoso hahahahah

Boa sorte!! Esse cupim fica bom sim. Na hora de fechar o celofane, joga um pouco de cerveja preta que fica bem gostoso tb..

Bom churras, moça

Abs
Daniel

Anônimo disse...

Bom dia Daniel! Primeira vez que entro em seu blog e já não quero mais sair daqui! Rsrsrsrs vou fazer essa receita de Cupim no domingão, muito obrigada pelas explicações! Show! Sucesso! Depois que passar a ressaca das cervejas eu posto aqui o resultado rsrsrsrs Valeu!

Andressa Souza - RJ

Daniel Rodrigues disse...

Oi Andressa, tudo bem?

Que bom que gostou do blog.. Espero ter ajudado com alguma coisa :-)

Me deu até vontade, acho que vou preparar um cupim nesse final de semana, viu.

Abs
Daniel

Anônimo disse...

Eu asso cupim exatamente dá forma que vc descreveu e não perdi nenhum até hoje, mas o importante é fazer com alegria como você escreveu, quando se tem positividade tudo que se faz fica bom, quando compramos carne assada e o churrasqueiro estiver nervoso, e preferível não comprar a carne porque vai estar ruim, mesmo que a aparência esteja boa, Parabéns, não só pela receita mas principalmente a for.a animada e positiva de demonstrar a receita, Acredito que se vc fizesse um vídeo teoria e prática de assar um cupim vc faria um sussesso maior, teu otimismo e excencial

Daniel Rodrigues disse...

Fala parceiro (a), beleza?

Eu tb acredito nisso. O humor, o carinho e o cuidado interferem diretamente no sabor da comida.

Valeu, parça!

Abs
Daniel

Unknown disse...

Boa tarde
Estou fazendo um cupim temperado com leite!!!! Realmente essa carne é top Daniel!!! Valeu por sua dica também!!!!
Donizeti

Daniel Rodrigues disse...

Uia, conta esse receita de cupim com leite aí, brother...

Abs
Daniel

jairostein13@gmail.com disse...

Buenas tche!!
Baita dica de preparo de cupim. Conhecimento só é valido quando compartilhado. Comer já comi várias vezes. Agora será a primeira vez que assarei. Tenho certeza que ficará ótimo com tuas informações.
Abraço.

Daniel Rodrigues disse...

Buenas, Tchê!!!

Os amigos gaúchos sempre marcando sua presença por aqui :-)

Boa sorte com o cupim, mas uma dica que vai além do post: embala ele no celofane, mas sem o espeto. O ideal é que fique muito bem vedado. Vira tipo uma panelinha de pressão lá dentro.

Bom churras, parceiro

Abs
Daniel

Postar um comentário

Torrou a picanha? Fez a receita e não deu certo? Dúvidas, sugestões, vai encarar? Escreve aí o que quer, mas não coloca propaganda que isso aqui não é a casa da sogra.

Blog Widget by LinkWithin